Publicado por Débora Silva

O que é um texto? Você já parou para pensar nesta pergunta? Pensar em um conjunto de palavras é bastante comum, mas a definição de texto vai além disso. Os textos precisam fazer sentido, portanto, não podem ser considerados como um simples amontoado de palavras.

Para que um texto faça sentido, precisamos saber o que são coerência e coesão, dois importantes conceitos na construção textual. Neste artigo, saiba mais sobre a coerência textual.

A coerência textual

O conceito de coerência textual diz respeito à relação lógica entre ideias, situações ou acontecimentos que, muitas vezes, se apoiam em mecanismos gramaticais, lexicais e no conhecimento de mundo dos falantes da língua.

A coerência em um texto está diretamente ligada à sua significação, ao sentido lógico, e não aos elementos estruturais que o compõem. Este conceito refere-se à propriedade do texto que permite a construção do sentido a partir dele, estabelecendo uma ligação entre as suas partes e entre o próprio texto.

Você já leu um texto, entendeu tudo, mas o seu amigo não? Ou o contrário? Isto ocorre frequentemente. Um mesmo texto pode parecer interpretável para uma pessoa e não para outra.

São vários os fatores da coerência textual, como o conhecimento de mundo do usuário da língua, os elementos linguísticos, as inferências, contextualização e outros.

Imagem de mão escrevendo

Foto: Depositphotos

Os princípios básicos da coerência

Podemos afirmar que são três os princípios básicos da coerência textual:

Nada de contradições

Ler um texto cheio de ideias que se contradizem é um tanto quanto complicado, não é mesmo? Lembre-se que, graças à coerência, um texto pode ser bem interpretado, logo, em um bom texto não pode haver situações ou ideias que se contradizem entre si.

Manter a relevância

Você já teve que ler um texto em que o(a) autor(a) aborda vários assuntos diferentes e que não têm nenhuma relação? É complicado, não é? Um dos princípios básicos da coerência textual é o da relevância, ou seja, deve-se evitar a representação de ideias ou fato não relacionados entre si, uma vez que isto traz incoerência ao texto.

Ainda que os diversos fragmentos contenham coerência individual, isto não ocorrerá na totalidade do texto.

Evitar a redundância

A redundância é a repetição de alguma ideia com a utilização de palavras diferentes. Na construção de um texto coerente, é necessário que ocorra a transmissão de alguma informação e, quando há muita repetição, o texto pode não conseguir alcançar o seu objetivo, que é a transmissão da informação.

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas). 

Veja mais!