Publicado por Natália Petrin

A menstruação acontece mensalmente no organismo feminino, e pode trazer junto com ela dores, incômodo e desconforto, mas um dos sintomas mais comuns desse período entre as mulheres, é a cólica menstrual.

Também conhecida como dismenorreia, a cólica menstrual nada mais é do que um desconforto que pode aparecer antes ou durante o período menstrual. A dor, normalmente, aparece na região baixa da barriga, e é causada pela contração do útero – um órgão musculoso.

Essa contração acontece para eliminar o endométrio quando não há a fecundação (descamação da camada interna do útero que cresce para nutrir o embrião). Estima-se que mais de 50% das mulheres sentem, em alguma fase de sua vida, cólicas menstruais.

O que é cólica menstrual?

Foto: Reprodução/ internet

As cólicas menstruais podem ser primárias ou secundárias. No primeiro caso, trata-se do aumento da produção de prostaglandina pelo endométrio, que é a substância responsável por fazer a contração do útero, e no segundo, é resultado de alterações patológicas no aparelho reprodutivo feminino.

Características

A cólica menstrual pode ser associada a outros sintomas como náuseas, dores de cabeça, dores nas costas, diarreia, desmaios, vômito, dores nos seios e indisposição, gerando um mal-estar tão grande que faz com que meninas e mulheres tenham de faltar às aulas ou ao trabalho. Na maior parte dos casos, a cólica menstrual dura em torno de 48 horas, mas esse período pode variar de acordo com a mulher.

A tendência é esse sintoma desaparecer com o tempo, ou ainda depois da gestação. Quando a cólica impede a pessoa de ir ao trabalho ou à escola, deve-se procurar um médico para orientações que amenizem esses sintomas pré-menstruais.

Em alguns casos, ainda, a cólica é algo anormal, e pode estar relacionada a doenças como endometriose, fibromas, tumores pélvicos e mioma, por exemplo, sendo essencial procurar ajuda de um médico quando as dores foram muito prolongadas, persistentes e fortes.

Como tratar?

O médico pode indicar alguns medicamentos como antiespasmódicos, anti-inflamatórios ou anticoncepcionais orais, dependendo da paciente. Mas é possível seguir algumas dicas para aliviar as cólicas menstruais em casa. Confira:

  1. Use uma compressa quente na região onde dói;
  2. Fique em repouso;
  3. Evite consumir alimentos gordurosos ou ricos em açúcares;
  4. Evite bebidas com cafeína ou ainda bebidas alcoólicas;
  5. Consuma bebidas quentes, como o chá de camomila, por exemplo;
  6. Tome um banho morno e evite tomar friagem;
  7. Mantenha uma alimentação saudável;
  8. Pratique exercícios físicos.

Veja mais!