Publicado por Priscila Melo

Você já ouviu alguém falar que não podia comer um certo alimento porque era reimoso? Mas afinal de contas, o que é um alimento reimoso? Você sabe dizer?

O que é um alimento reimoso?

Foto: Reprodução

O que é?

Para quem ainda não sabe exatamente o que é um alimento reimoso, é aquele alimento que possui uma alta concentração de proteína e de gordura animal. Estes alimentos geralmente são de origem animal, como a carne de porco, de pato, o camarão, caranguejo, moluscos etc. Mas podemos encontrar também no ovo e em algumas frutas cítricas, pois mesmo elas não possuindo a proteína animal de alguma forma são consideradas reimosas.

O uso da palavra e sua origem

Essa palavrinha é usada em muitas regiões do nosso país, mas seu uso é muito frequente na região do Nordeste. A palavra reimoso é de origem grega, ela é uma variação da palavra “reima” que em grego era “reuma”. Essa palavra deu origem a muitas outras, entre elas está a palavra reumatismo, que provavelmente você já deve ter ouvido falar, não é mesmo?

Muitas pessoas acreditam que alimentos reimosos fazem mal quando consumidos em alguns momentos, mas isso não é comprovado cientificamente. É uma crença muito antiga, que é ligada à sabedoria popular. Alguns estudiosos afirmam que esse tipo de crença veio dos indígenas, desde o tempo da colonização do Brasil e os portugueses acabaram acreditando em muitas dessas crenças.

O que causam?

Segundo a crença popular, alimentos reimosos fazem mal àquelas pessoas que estão doentes. Estes alimentos podem provocar certos tipos de inflamação na pele das pessoas, geralmente como reações alérgicas. Os alimentos reimosos podem causar coceiras, diarreia e também intoxicações mais graves em algumas pessoas que são alérgicas. Desta forma podemos perceber que os alimentos reimosos não fazem mal a todas as pessoas, mas sim apenas àquelas pessoas que possuem algum tipo de predisposição a reações alérgicas.

Se observarmos, a maioria dos médicos não recomenda alimentos reimosos aos pacientes que passaram por algum tipo de cirurgia ou que estão com algum tipo de inflamação, mas isso acontece apenas porque os médicos não sabem se o paciente pode ter algum tipo de reação alérgica. Um exame de alergia poderia tirar essa dúvida e fazer com que o paciente caso não fosse alérgico pudesse comer os alimentos reimosos sem medo.

Veja mais!