Publicado por Débora Silva

Corpus Christi (expressão originária do latim e que significa Corpo de Cristo) é uma das mais tradicionais festas da Igreja Católica, que tem por objetivo a celebração do Sacramento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo, um dos sacramentos da Eucaristia.

Embora muitas pessoas pensem que se trata de um feriado nacional no Brasil, na realidade, o governo federal classificou a data como ponto facultativo, o que significa que a entidade patronal é que define se os funcionários trabalham ou têm folga.

Tradicionalmente, a festa de Corpus Christi ocorre 60 dias depois do Domingo de Páscoa ou na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade.

Origem e história do Corpus Christi

A festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV no século XIII, no dia 08 de setembro do ano de 1264, com a proposta de celebrar a presença simbólica do corpo de Cristo na hóstia sagrada (a Eucaristia).

Imagem de crucifixo, Bíblias, terço e Eucaristia

Foto: Depositphotos

A Eucaristia, ou Primeira Comunhão, é um Sacramento pelo qual o jovem católico deve passar depois de alguns anos de catequese. Após esse rito, considera-se que o jovem está pronto para receber o mistério da Eucaristia ou o Corpo de Cristo.

O Corpus Christi faz alusão às palavras de Cristo na última ceia, e a festa celebra a presença do Corpo de Cristo em toda hóstia e missa. De acordo com a Bíblia, durante a Última Ceia de Jesus com seus apóstolos, ele teria mandado que comemorassem a sua lembrança comendo pão e bebendo vinho, que seriam transformados em seu corpo e seu sangue.

A celebração de Corpus Christi

A celebração do Corpo de Cristo consta de uma missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento. No Brasil, a festa é tradicionalmente marcada pela confecção de tapetes em diversas cidades do País pelas ruas onde passa a procissão. Os tapetes são feitos de serragem colorida, areia, borra de café, flores, farinha e outros materiais, trazendo temas cristãos e bíblicos, como os desenhos que fazem alusão à figura de Cristo, do pão e do cálice. A tradição dos tapetes confeccionados nas ruas surgiu em Portugal e chegou ao Brasil com os colonizadores.

A procissão de Corpus Christi pelas vias públicas lembra a caminhada do povo de Deus em busca da Terra Prometida.

Veja mais!