Publicado por Katharyne Bezerra

Cada país tem uma bandeira que foi especialmente desenvolvida para representar o povo, a história da localidade, as características da região ou para simbolizar lendas e culturas. Para tanto, formatos, cores, desenhos e outros aspectos são utilizados na elaboração destes estandartes. E desta forma com todas as nações do mundo, inclusive com a Inglaterra um dos países que compõe o Reino Unido. No caso dos ingleses, este símbolo data desde a Idade Média, porém só foi reconhecido e oficializado no século XVI.

Características e história desta bandeira

Simples nas cores e nos detalhes, a bandeira da Inglaterra consiste em um retângulo de proporção 3:5 de cor branca com uma cruz vermelha no centro. A origem deste desenho é incerta, mas sabe-se que é uma referência a São Jorge. De acordo com uma lenda, o cavaleiro que se tornou santo teria salvado uma princesa das garras de um dragão. Após matar a fera, São Jorge teria feito uma cruz com o sangue do bicho mitológico em seu escudo que era totalmente branco.

O significado da bandeira da Inglaterra

Foto: Pixabay

Surge então a bandeira dos ingleses, que mesmo só sendo oficializada no século XVI já era utilizada como marca registrada pela marinha mercante da Inglaterra e também pelo exército britânico. No território inglês, este símbolo recebe alguns nomes que fazem referência à lenda sobre o surgimento dele, como “Cruz de São Jorge” ou “Bandeira de São Jorge”.

Bandeira inglesa X Bandeira do Reino Unido

A Inglaterra é um país que faz parte de um grupo político chamado de Reino Unido, o qual ainda é composto por Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales. Muita gente confunde a bandeira do Reino Unido com a da Inglaterra, por esta razão é importante destacar que o símbolo branco, azul e vermelho é uma junção dos demais países que fazem parte do grupo.

Por exemplo, há uma sobreposição da cruz de São Jorge, o padroeiro da Inglaterra; de Santo André, patrono da Escócia; e de São Patrício, protetor da Irlanda do Norte.

Veja mais!