Publicado por Anna de Cássia

A Organização das Nações Unidas, mais conhecida mundialmente pela sua sigla ONU, se trata de uma entidade internacional que tem como objetivo promover a paz mundial e os direitos humanos, além de evitar os conflitos internacionais – e amezinhar seus possíveis efeitos.

ONU

Foto: Reprodução

Por que a ONU foi criada?

Depois que houve a Segunda Guerra Mundial, muitos países perceberam a importância que teria construir uma entidade que evitasse esse tipo de conflito mundial através de mediação com diálogo, para evitar as consequências de sempre: acabam morrendo milhares de pessoas inocentes por causa de brigas políticas. Por isso, em 1945, na Conferência de São Francisco, foi criada a Organização das Nações Unidas.

Como funciona a ONU?

A sua sede se encontra em Nova York, e quase todos os países são representados lá por uma pessoa. Ao todo são 193 membros – inclusive o Brasil. Entretanto, apesar de que todos os países serem membros da entidade, apenas alguns deles têm o poder de participar da tomada de decisões, pois alguns países fazem parte apenas da Assembleia Geral, enquanto outros também participam do Conselho de Segurança. Dessa forma, portanto, primeiro a proposta passa pela assembleia geral, e depois de aprovada ela passa pelo Conselho de Segurança, que é quem dá o veredicto final.

Assembleia Geral da ONU

Nessa assembleia participam todos os países membros. São reuniões em que são discutidas as resoluções da entidade; é um espaço para as leis serem discutidas, avaliadas e alteradas. Um detalhe importante é que para uma proposta ser aceita pela assembleia, é preciso que pelo menos 2/3 dos países membros votem a favor.

Conselho de Segurança da ONU

Essa é a parte principal da ONU. Composta sempre por 15 países membros, sendo 5 deles membros permanentes (que nunca mudam), e 10 deles membros temporários que mudam a cada dois anos. Em cada ano 5 países são trocados, e cada país temporário ocupa o conselho por 2 anos. Todas as decisões que passam pelo conselho, para serem aprovadas precisam ter pelo menos 9 votos dos 15, não importando se são todos de membros temporários ou dos dois grupos de membros. Entretanto, e apenas um dos membros permanentes quiser vetar a decisão, proibir que ela seja aprovada, ele pode fazer isso. O Brasil já esteve duas vezes dentro do conselho de Segurança, sendo a última vez nos anos de 2010 e 2011.

Países permanentes do Conselho de Segurança da ONU:

  • Estados Unidos
  • Reino Unido
  • França
  • China
  • Rússia

Veja mais!