Publicado por Anna de Cássia

Após a Segunda Guerra Mundial o mundo viveu um conflito chamado de Guerra Fria, que se caracteriza pela luta de ideologias, ausência de violência, e divisão mundial em dois blocos: o bloco capitalista, liderado pelos Estados Unidos (EUA); e o bloco comunista, liderado pela União Soviética URSS.

Pacto de Varsóvia

Foto: Reprodução

Como surgiu o Pacto de Varsóvia?

Em 1949 foi criada a OTAN, que era um grupo formado por todos os países que faziam parte do bloco capitalista, juntamente com os Estados Unidos. Após a criação da OTAN o bloco capitalista foi ficando mais unido e mais forte, e por isso a URSS se sentiu ameaçada e resolveu criar o Pacto de Varsóvia em 1955.

O Pacto de Varsóvia era formado pelos países que eram governados por partidos políticos comunistas, e tinha como principal objetivo manter uma integração das forças militares dos países comunistas da Europa Oriental para, assim, os membros do pacto terem uma proteção militar mútua e mais forte.

Os países membros do Pacto de Varsóvia eram: União Soviética, Polônia, Bulgária, Hungria, Romênia, Tchecoslováquia, Albânia e Alemanha Oriental.

Motivos políticos que levaram a URSS a criar o pacto de Varsóvia

Após a Segunda Guerra Mundial a Alemanha foi dividida em duas partes: Alemanha Ocidental, que era capitalista e apoiava os Estados Unidos, e Alemanha Oriental, que era comunista e apoiava a URSS. As duas partes eram separadas pelo Muro de Berlin.

Em 1954 a Alemanha Ocidental foi incluída na OTAN e foi rearmada, isso representou um grande perigo para a Alemanha Oriental, pois poderiam iniciar uma guerra a qualquer momento. Então, para proteger a parte oriental da Alemanha, que era sua aliada do bloco comunista, a URSS decidiu criar o Pacto de Varsóvia.

Assim, os vários países comunistas uniram suas forças militares para proteger um ao outro, e não deixar a Alemanha Oriental desamparada, caso a Alemanha Ocidental resolvesse iniciar uma guerra armada.

Ações do Pacto de Varsóvia

O pacto entrou em ação pela primeira vez em 1956, quando houve na Hungria muitas greves de operários que começavam a questionar o poder do Partido Comunista, e então a URSS mandou suas tropas para lá ajudar o governo comunista a manter a paz.

Outra ação do pacto foi na Tchecoslováquia em 1968. quando novamente os tanques da União Soviética foram mandados para reprimir as forças que se opunham ao comunismo.

Fim do Pacto de Varsóvia

O Pacto de Varsóvia foi extinto em 1991, porque foi quando a URSS se dissolveu, formando várias repúblicas desmembradas.

Veja mais!