Publicado por Débora Silva

Localizar-se no espaço geográfico sempre foi uma necessidade para a humanidade, que criou e desenvolveu diversos meios para fazê-lo, desde a orientação pelas estrelas e astros até o GPS. Quando você vai a um lugar novo, desconhecido, é muito importante saber a sua localização, não é mesmo?

Uma das diversas formas de orientação é a dos pontos cardeais. Estes pontos de localização contribuíram muito para as grandes navegações, para as rotas comerciais, entre outras atividades.

pontos-cardeais

Foto: Reprodução

O que são os pontos cardeais?

Os pontos cardeais, também conhecidos como pontos de referência, são pontos básicos para determinar a orientação no espaço terrestre, relacionados com a posição do sol durante o dia. O sol nasce todas as manhãs aproximadamente no mesmo lado do horizonte e, ao entardecer, se põe no lado oposto. Estes dois lados foram tomados como ponto de referência e, a partir deles, os pontos cardeais foram estabelecidos.

Os quatro pontos cardeais são: Norte (N), também denominado de setentrional ou boreal; Sul (S), também chamado de meridional ou austral; Oeste (O ou W), também conhecido como Ocidente; e Leste (E), chamado de Oriente. Os pontos cardeais dão um sentido, uma direção, no entanto, sozinhos não dão a localização exata de um ponto na superfície terrestre, pois é um instrumento utilizado para trabalhar em pequenas distâncias.

Os pontos colaterais e subcolaterais

No meio dos pontos cardeais existem mais 28 pontos, dentre eles, os pontos colaterais, que são usados para estabelecer uma localização mais exata.

São eles: Nordeste (NE), localizado entre o Norte (N) e o Leste (L); Sudeste (SE), localizado entre o Sul (S) e o Leste (L); Noroeste (NO), localizado entre o Norte (N) e o Oeste (O); e Sudeste (SO), localizado entre o Sul (S) e o Oeste (O).

Existem, ainda, os pontos subcolaterais que estão no intervalo de um ponto cardeal e um colateral. São eles: norte-nordeste (NNE), norte-noroeste (NNO), este-nordeste (ENE), este-sudeste (ESE), sul-sudeste (SSE), sul-sudoeste (SSO), oeste-sudoeste (OSO) e oeste-noroeste (ONO).

A localização pela rosa dos ventos

Para representar os pontos cardeais e colaterais, foi criada a rosa dos ventos, também denominada rosa-náutica e rosa dos rumos. Através de alguns passos, todos podem se localizar através da rosa dos ventos. Para isso, basta apontar a mão direita para o Leste (posição em que o sol nasce) e a mão esquerda para o Oeste (posição em que o sol se põe). Dessa forma, o seu rosto apontará para o Norte e as suas costas, para o Sul.

Veja mais!