Publicado por André Luiz Melo

Ir à praia tomar banho de mar é sempre um bom programa para se fazer, seja acompanhado ou sozinho. A paisagem é exuberante e o contato com a água salgada é sempre purificador. Bom, mas por falar em sal você sabe o motivo da água do oceano ser salgada?

Apesar de a primeira impressão ser a de que o sal tem sua origem na água do mar, não é bem assim. O sal marítimo é decorrente das rochas, do desgaste causado nessas pelas águas do oceano. Com o passar do tempo, elas vão se fragmentando e se transformam em pequenas partículas. Nesse processo incluem-se também os sais minerais.

Influência dos rios

Apesar de não ser salgada, a água dos rios é determinante para provocar a salinidade da água do mar. Isso ocorre devido o fluxo dos rios causarem o desgaste das rochas e assim retirarem das mesmas os sais minerais, esses que são levados e depositados nos oceanos, uma vez que a grande maioria dos rios deságuam no mar.

Em decorrência das altas temperaturas, a água dos mares evapora de forma lenta. Entretanto, a salinidade presente, ou seja, o sal, não evapora e permanece nos oceanos.

Por que a água do mar é salgada?

Foto: Reprodução

De acordo com estudos científicos realizados em todo o mundo, estima-se que mais de dois milhões de toneladas de sal são levados anualmente aos mares pelas águas dos rios.

Nos oceanos a maior predominância é mesmo do sal de cozinha, também chamado de cloreto de sódio. Entretanto, outros tipos como carbonato de cálcio e cloreto de magnésio também são encontrados nos mares.

Outras águas salgadas

E se você pensa que somente os mares possuem água salgada não se engane: os lagos também são capazes de possuir sal em suas águas. O conhecido Mar Morto, por exemplo, que é abastecido pelo Rio Jordão, é um exemplo de lago salgado. Inclusive, sua água é considerada a mais salgada do mundo.

De tal modo que é fundamental compreender que a água do oceano é imprópria para o consumo humano. E não pense que apenas devido à salinidade presente em sua composição. Mas também em decorrência das inúmeras outras substâncias presentes nos mares e que podem ser nocivas à saúde humana.

Veja mais!