Publicado por Lia Vieira

Os protozoários ou protozoa (que significa proto “primeiro” e zoon “animal”) são seres unicelulares, isto é formados por uma única célula e heterotróficos, isto é, não possuem a capacidade de produzir seu próprio alimento. Os protozoários podem variar de tamanho, entre 0,01 mm a 0,05 mm.

Protozoários

Foto: Reprodução

Protozoários e seu habitat

Os protozoários são organismos com ampla dispersão de ambientes úmidos, podem ser encontrados na água doce, salobra (água com mais sais dissolvidos que na água doce e menos que na água do mar) ou água salgada. Os protozoários também podem ser encontrados em locais úmidos, rastejando pelo solo ou sobre matéria orgânica em decomposição. Os protozoários podem agir como parasitas de diversos organismos (vertebrados e invertebrados), podendo inclusive gerar doenças, conhecidas por protozooses.

Protozoários: Protozooses (doenças)

Protozooses ou protozoonoses, são doenças causadas por um ou vários protozoários parasitas, sendo os mais conhecidos:

Amebócitos como o entamoeba histolytica, é o causador da amebíase, seus sintomas são diarreia grave com sangramento e muco, é transmitida via fecal-oral; Flagelados como o giárdia lamblia, é o causador da giardíase, é uma infecção que ocorre no intestino delgado causando diarreia e dificuldades de absorver gorduras; Trichomonas Vaginallis, causando no hospedeiro a tricomonose, seus sintomas são corrimento abundante e coceira no órgão genital feminino; Leishmania Brasiliensis, Leishmania Chagasi e Leishmania Major, causadores da leishmaniose, sintomas como feridas nas mucosas e até mesmo o comprometimento de órgãos como fígado, baço e medula óssea.

Outras protozooses: Trypanosoma Cruzi, causador da doença de chagas; Trypanosoma Brucei, causador da doença do sono; Balantidium Coli, causador da doença Baçantidiose; Plasmodim, causador da malária e o Toxoplasma Gondii, que causa a toxoplasmose.

Características gerais dos protozoários

A respiração dos protozoários pode ser aeróbica, anaeróbico e anaeróbia facultativa. A respiração aeróbica, depende da difusão para obter oxigênio e a liberação de CO2; anaeróbicos, em casos onde vivem em simbiose no trato digestivo dos animais; e anaeróbias facultativas (utilizam de oxigênio quando estiver presente, mas também sobrevivem com a sua ausência), no caso de espécies aquáticas associadas à decomposição de matéria orgânica.

Os protozoários possuem locomoção primitiva, através do uso de flagelos, cílios, membranas ondulantes, cirros ou pseudópodes. Sua sustentação ocorre através do endoesqueleto em algumas espécies e outras possuem o exoesqueleto.

Protozoários: Medidores de qualidade do ambiente

Os protozoários servem também para indicar a qualidade em determinado ambiente, como por exemplo, águas com muita poluição possuem poucos protozoários, já em terras onde exista matéria orgânica em decomposição, muitos protozoários são encontrados, facilitando e ajudando na decomposição, colaborando com a limpeza do meio ambiente.

Veja mais!