Publicado por Prof. Luana Polon

Comumente as pessoas tratam clima e tempo como se fossem a mesma coisa. São comuns as frases ‘”hoje o tempo não está bom” ou “o clima não está bom hoje”.

No entanto, estes dois conceitos da meteorologia não possuem o mesmo significado. Cada um deles representa um conjunto de informações sobre o estado da atmosfera terrestre, seja em curto ou longo prazo.

Por isso, é muito importante saber diferenciar estes dois termos. É importante também conhecer qual é o tipo de clima predominante no Brasil, pois ele está relacionado com elementos como a vegetação e a distribuição populacional.

O que é tempo?

É preciso cuidado quando o assunto é o conceito de “tempo”. Isso porque existem vários tipos de tempo, como o tempo cronológico, que é aquele medido através do relógio, horas, dias, anos, numa ordem linear.

Mas há também o tempo atmosférico, bastante usado pelos meteorologistas, geógrafos e pesquisadores interessados no assunto.

Menina na chuva

Tempo pode ser entendido como um estado momentâneo da atmosfera (Foto: depositphotos)

Na Meteorologia, o tempo é o estado momentâneo da atmosfera. Ou seja, refere-se a algo passageiro, algo que pode mudar de um dia para o outro ou até de uma hora para a outra.

Um dia ensolarado pode virar um dia chuvoso rapidamente, e isso é possível graças às massas de ar que se deslocam pela troposfera, influenciando o tempo e consequentemente o clima de diversas regiões do planeta. Deste modo, o tempo pode se modificar várias vezes em um só dia.

As previsões meteorológicas são as responsáveis por dizer como será o tempo amanhã ou daqui a poucos dias, se será um dia ensolarado ou chuvoso, quente ou frio etc. Ou seja, quando alguém diz que amanhã vai chover, está se referindo ao tempo.

Exemplos de frases sobre o tempo

  • “Hoje está muito abafado!”
  • “Carlos está se preparando para acampar no final de semana, e para não correr nenhum risco ele coleta as informações sobre o tempo para os dias em que estará acampando”.
  • “Ontem choveu muito”.
  • “Raquel achou que o tempo daquele dia estava muito estranho, de manhã estava friozinho, mas de tarde fez muito calor”.

O que é clima?

O clima é o conjunto de variações do tempo em um longo período. Ou seja, é o conjunto de dados acerca das condições atmosféricas de um determinado local durante um período cronológico específico.

Portanto, refere-se a algo que dura mais tempo, que é mais permanente, algo que costuma se repetir ao longo dos anos. Pode-se dizer que o clima é a união dos tipos de tempo que ocorrem em um determinado local, tornando-se uma característica dele.

Comumente, as observações são realizadas ao longo de cerca de 30 anos, para somente após isso definir-se o clima de um dado local.

Vista de uma praia

Existem diversos tipos de climas no mundo, entre eles o tropical (Foto: depositphotos)

Os equipamentos tecnológicos de observação das condições meteorológicas têm ajudado muito para dar um resultado preciso sobre o clima. São observados elementos como umidade, temperatura, pressão atmosférica, massas de ar atuantes, dentre outros.

As previsões climáticas são as responsáveis por dizer como será o clima daqui a um determinado período de tempo, como daqui a alguns anos, se o planeta vai esquentar mais ou esfriar, se as chuvas aumentarão ou não etc.

Por exemplo, quando alguém diz que em determinado local costuma chover muito entre os meses de dezembro e março, está se referindo ao clima.

Exemplos de frases sobre o clima

  • “No Sul do Brasil chove muito nessa época do ano”.
  • “Bia foi visitar seu tio que mora no Canadá. Ela percebeu que lá o clima é diferente do que no Brasil”.
  • “Essa região é muito úmida, chove o ano inteiro!”.
  • “Daniel viajou pelas regiões brasileiras, e percebeu que o clima do Nordeste não é igual ao clima do Rio Grande do Sul”.

Influências do tempo e do clima

A rotina humana é bastante influenciada pelas condições do tempo e pelas características do clima de determinada região. Por exemplo, existem atividades que somente podem ser realizadas se o tempo e clima estiverem propícios para tal.

Além do tempo, outros fatores também marcam esse processo, tais como a latitude, altitude, maritimidade, continentalidade, correntes marítimas, relevo e vegetação.

Climas pelo mundo

Existem vários tipos de clima no mundo, os quais são influenciados pelas condições físicas de cada lugar.

A Latitude (distância de um ponto da superfície terrestre em relação à Linha do Equador) é um elemento essencial na constituição dos climas. Isso porque existem zonas climáticas no globo terrestre.

Entre o Trópico de Câncer e o Trópico de Capricórnio tem-se a zona climática tropical; já entre o Trópico de Câncer e o Círculo Polar Ártico, tem-se a zona climática temperada do Norte; entre o Trópico de Capricórnio e o Círculo Polar Antártico, tem-se a zona climática temperada do Sul; na região do Círculo Polar Ártico, tem-se a zona polar do Norte; e na região do Círculo Polar Antártico, tem-se a zona polar do Sul.

Com isso, há uma grande variedade de climas no mundo. Os principais tipos de clima do mundo são: Equatorial, Tropical, Temperado, Subtropical, Mediterrâneo, Frio, Frio de Montanha, Polar, Desértico e Semiárido.

Climas no Brasil

Já o Brasil, que possui um extenso território no continente americano, tem vários climas, como: equatorial, tropical, semiárido, tropical de altitude, tropical atlântico e subtropical.

Essa grande variedade de climas faz com que haja também muitos tipos de biomas (conjunto de ecossistemas de um dado local), com vegetações bem diversificadas.

Certamente você já ouviu uma famosa música do compositor Jorge Ben Jor, a qual tem um trecho que diz: “Moro num país tropical, abençoado por Deus, e bonito por natureza, mas que beleza […]”.

Essa música fala sobre o Brasil e mostra qual é o clima predominante no território brasileiro, que o clima tropical. Esse tipo de clima acontece especialmente nas áreas próximas da Linha do Equador, ou seja, regiões que estão entre os dois trópicos: de Capricórnio e de Câncer.

*Luana Polon é Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).

Referências

CRUZ, Franklin Nelson da. “Ciências da natureza e realidade“: interdisciplinar/ Franklin

Nelson, Gilvan Luiz Borba, Luiz Roberto Diz de Abreu. “Clima e tempo“. Natal, RN: EDUFRN Editora da UFRN, 2005. Disponível em: http://www.ead.uepb.edu.br/arquivos/cursos/Geografia_PAR_UAB/Fasciculos%20-%20Material/Ciencia_Natureza_Realidade/CI_NAT_A08_GR_RAARL_090810.pdf. Acesso em 05 dez. 2018.

POLON, Luana. Estudo Prático. “Fatores que alteram o clima“. Disponível em: https://www.estudopratico.com.br/fatores-que-alteram-o-clima/. Acesso em 05 dez. 2018.

Veja mais!