Publicado por Débora Silva

Os pronomes demonstrativos são usados para indicar o lugar, a posição ou a identidade dos seres em relação às três pessoas do discurso, podendo situá-los no espaço, no tempo ou no próprio texto.

Muitos falantes da nossa querida língua portuguesa têm dúvidas sobre o emprego correto dos pronomes demonstrativos “esse” e “este”, tema do nosso artigo.

Os pronomes demonstrativos

Na língua portuguesa, os pronomes demonstrativos são divididos em:

Quando devo usar 'esse' ou 'este'? Descubra sem complicação

Foto: depositphotos

Primeira pessoaEste, estes, esta, estas, isto
Segunda pessoaEsse, esses, essa, essas, isso
Terceira pessoaAquele, aqueles, aquela, aquelas, aquilo

As formas de primeira pessoa indicam a proximidade de quem fala, além de sinalizar o tempo presente ou futuro. Observe atentamente o exemplo a seguir:

-Este mês preciso consultar um dentista.

Já as formas de segunda pessoa indicam a proximidade da pessoa a quem se fala, além de fazer referência a um passado próximo. Confira o exemplo a seguir:

-Esse mês que passou foi difícil.

Quando devo usar “esse”?

Observe o exemplo a seguir:

Compro esse carro.

Na frase acima, o pronome demonstrativo “esse” indica que o carro está perto da pessoa com quem falo ou afastado da pessoa que fala.

Como já foi dito, o pronome “esse” também refere-se a um passado próximo. Exemplo: Esse ano que passou foi bom.

O pronome demonstrativo “esse” também pode ser empregado para fazer referência a algo citado anteriormente.

Exemplo: A Terra gira ao redor do Sol. Esse fato causou muita polêmica na época de sua descoberta.

Quando devo usar “este”?

Observe o exemplo a seguir:

Compro este carro.

Na frase acima, o pronome demonstrativo “este” indica que o automóvel está perto da pessoa que fala.

“Este” também pode se referir ao ano presente. Exemplo: Este ano está sendo complicado para o país.

 

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas).

Veja mais!