Publicado por Priscila Melo

Como você já sabe, o Brasil é subdividido em cinco regiões, dentre elas está a região Centro-Oeste que é a segunda maior região do Brasil em superfície territorial. E é sobre ela que falaremos agora. A região Centro-Oeste possui aproximadamente 1.606.371,5 quilômetros quadrados de extensão territorial. Esta região é dividida por estados, eles são: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal.

Região Centro-Oeste

Foto: Reprodução

Características

Essa região, apesar de ser a segunda maior em extensão territorial, é a que tem a menor população. Possui cerca de 14.993.194 habitantes, sua densidade populacional é de 9,3 habitantes por quilômetros quadrados. Os estados que compõem essa região são divididos em municípios, que totalizam em 467.

Principais cidades

  • Estado do Mato-Grosso: Cuiabá (capital), Várzea Grande, Alta Floresta, Rondonópolis, Tangará da Serra, Cáceres, Barras do Garças.
  • Estado do Mato-Grosso do Sul: Campo Grande (capital), Ponta Porã, Três Lagoas, Corumbá, Dourados, Aquidauana.
  • Estado de Goiás: Goiânia (capital), Trindade, Luziânia, Cristalina, Valparaíso de Goiás.
  • Distrito Federal – regiões administrativas de: Brasília, Taguatinga, Planaltina, Gama, Paranoá, Sobradinho, Ceilândia e Brasilândia.

O relevo

Essa região possui formas de relevo de diversas altitudes, que são resultantes da ação de fatores climáticos sobre rochas de diferentes graus de resistência. As principais formas de relevo são os extensos planaltos e as depressões revestidas de florestas e cerrados, além das planícies interiores. No Centro-oeste destacam-se:

  • Planalto e Chapada dos Parecis;
  • Planaltos e Chapadas da Bacia do Paraná;
  • Planaltos e Serras de Goiás – Minas;
  • Planaltos e Serras Residuais do Alto Paraguai;
  • Planaltos Residuais Sul – Amazônicos;
  • Depressão do Araguaia – Tocantins;
  • Depressão Cuiabana;
  • Depressão do Alto Paraguai- Guaporé;
  • Depressão Sul – Amazônica;
  • Depressão do Miranda;
  • Planície do Rio Araguaia;
  • Planície e Pantanal do Rio Guaporé;
  • Planície e Pantanal Mato-Grossense.

O clima

A região Centro-oeste é cortada pelo Trópico de Capricórnio, e possui clima tropical ou semiúmido, com duas estações bem definidas, uma chuvosa e outra seca. No extremo norte da região a temperatura média anual é mais alta e fica em torno de 26ºC, já no extremo sul essa temperatura média é de 22ºC.

A vegetação

A vegetação original da região Centro-oeste era coberta por densas florestas e extensas formações arbustivo-herbáceas, porém com a exploração da madeira e projetos agropecuários a vegetação passou a ser alterada. As principais formações vegetais dessa região são:

  • Floresta Equatorial;
  • Floresta Tropical;
  • Vegetação do Pantanal;
  • Campos;
  • Cerrado.

Economia

Uma das primeiras atividades econômicas da região foi a criação do gado. E com o passar do tempo a agropecuária passou a ser a principal atividade econômica, com destaque para a criação de gado e cultivo de: milho, mandioca, arroz, abóbora, cana-de-açúcar, soja entre outros.

Além da agropecuária há também o extrativismo mineral, vegetal, as indústrias, o turismo e outros. O setor industrial tem foco na produção de alimentos, bebidas, remédios e roupas.

Nesta região há muitas belezas naturais como serras, cachoeiras, chapadas, grutas e rios, atraindo os turistas. Os principais pontos turísticos são: Chapada dos Veadeiros, Chapada dos Guimarães, Pantanal, Caldas Novas etc.

Veja mais!