Publicado por Lia Vieira

O relevo brasileiro é caracterizado por altitudes baixas e médias, de maneira que as formas de relevo predominantes no Brasil são três: os planaltos, as planícies e as depressões, que vamos estudar e entender melhor neste texto.

História do relevo brasileiro

Uma das primeiras classificações do relevo brasileiro ocorreu na década de 1940 pelo geógrafo Aroldo de Azevedo. No início do ano de 1990 Jurandyr Ross realizou uma nova sistematização do relevo brasileiro.

O relevo constitui as formas da superfície terrestre, e é formado pela movimentação das placas tectônicas, vulcanismos e fatores internos e externos à nossa crosta terrestre.

Composição atual

O relevo brasileiro conta com 28 unidades de relevo, que são classificados de acordo com suas três formas principais:

  • Planalto
  • Planície
  • Depressão

No Brasil percebemos que o país está localizado em uma grande placa tectônica, que impede o choque com outras planas. Evita-se, assim, a existência de certos fenômenos naturais, como, por exemplo, terremotos, maremotos e vulcões.

De um modo geral, podemos dizer que o relevo brasileiro é marcado por baixas altitudes, uma vez que notamos que o pico mais alto do Brasil está localizado no estado do Amazonas, na Serra do Imeri, com 2994m de altitude.

Relevo brasileiro

Foto: Reprodução

Planalto

Planaltos, também conhecidos como platôs, são terrenos elevados e planos marcados por altitude acima de 300 m.

Nos planaltos predomina o desgaste erosivo, superior ao de acúmulo de sedimentos.

Os planaltos são classificados de acordo com a formação geológica:

  • Planalto Sedimentar – formados por rochas sedimentares;
  • Planalto Cristalino – formados por rochas cristalinas;
  • Planalto Basáltico – formados por rochas vulcânicas.

Dentro do planalto brasileiro encontramos formas como os picos, serras, colinas, morros e chapadas.

Planície

As planícies são formadas em terrenos planos com altitudes que não ultrapassam os 100 m, e nelas predominam o processo de acumulação de sedimentos de origem marinha, lacustre ou fluvial em áreas planas. Desta forma podemos ter três tipos de planícies:

  • Planícies Costeira – formada pela ação do mar;
  • Planície Fluvial – formada pela ação do rio;
  • Planície Lacustre – formada pela ação de um lago.

Depressões

As depressões são formadas pelo processo de erosão. São terrenos relativamente inclinados e possuem altitudes sempre abaixo das áreas ao seu redor, de 100 à 500 m.

As depressões podem ser classificadas de três formas, sendo elas:

  • Depressões Absolutas – formadas abaixo do nível do mar;
  • Depressões Relativas – formadas acima do nível do mar;
  • Montanhas – elevações naturais do relevo, podendo ter diversos tipos de origem, como falhas ou dobras.

Veja mais!