Publicado por Priscila Melo

Alguma vez você já parou para observar como ocorre a reprodução dos animais? Será que a forma de reprodução é sempre a mesma? Se você respondeu que não, está correto. De acordo com a espécie, os animais podem se reproduzir de diferentes formas e em diferentes épocas. Conheça um pouco mais sobre esse assunto agora mesmo.

Reprodução dos animais

Foto: Reprodução

Os animais

Os animais, assim como todos os outros seres vivos passam por um ciclo natural de visa, e neste ciclo ele passa pela fase onde se reproduz. Todos os seres vivos são capazes de se reproduzir, gerando assim novos indivíduos da sua espécie e dando continuidade a existência delas.

A função da reprodução é que os seres vivos possam produzir seus descendentes, dando continuidade à sua espécie.

Os tipos de reprodução

A reprodução dos seres é classificada em dois tipos: a reprodução assexuada e a reprodução sexuada. Neste primeiro tipo, uma célula (ou mais) se desprende do corpo do animal e se desenvolve, formando um novo ser vivo. Ou seja, o indivíduo não precisa de outro, ele mesmo se reproduz sem que haja a necessidade de partilhar qualquer tipo de material genético entre organismos.

Já na reprodução sexuada existe a união de duas células, onde uma é masculina e a outra feminina, estas são chamadas de gametas. Neste tipo de reprodução existe a partilha de material genético, precisando assim de outro organismo.

A reprodução assexuada

A reprodução assexuada pode ser classificada em três tipos diferentes, são eles: a fragmentação, brotamento e a gemulação. Na fragmentação, que também é conhecida como regeneração, um novo indivíduo se forma por fragmentação através de um pedaço que se desprende acidentalmente do corpo de um indivíduo adulto. Exemplos: estrela-do-mar, esponjas e planárias.

No brotamento são formados, no corpo dos indivíduos adultos, brotos que depois de um tempo soltam-se e originam novos indivíduos. Exemplo: esponjas.

Na gemulação são formadas estruturas gêmulas, quando o ambiente está alterado. Após o ambiente voltar ao normal, elas se desenvolvem e formam novos indivíduos. Exemplos: esponjas e celenterados.

A reprodução sexuada

A reprodução sexuada geralmente ocorre entre indivíduos que possuem sexos diferentes (masculino e feminino), mas também pode acontecer entre indivíduos que possuem os dois sexos, que é o caso dos animais hermafroditos, como a minhoca.

Neste tipo de reprodução a fecundação pode ser externa (ocorrendo no ambiente) ou interna (a partir do contato entre os dois indivíduos). Esse segundo geralmente acontece dentro do corpo da fêmea.

Na reprodução sexuada os novos animais podem se desenvolver e nascer a partir de ovos (animais ovíparos), ou dentro do corpo de um dos pais (animais vivíparos), como é o caso do homem.

Veja mais!