Publicado por Priscila Melo

A respiração é essencial para a sobrevivência de todos os animais e também dos vegetais. Quando os seres vivos respiram, o oxigênio que está presente no ar é inspirado e o gás carbônico é expirado. Todos os seres vivos passam por esse processo, inclusive as plantas. Veja agora como ocorre todo esse processo de respiração e transpiração dos vegetais.

Respiração e transpiração dos vegetais

Foto: Reprodução

Fotossíntese e respiração

Sabe-se que toda planta passa pelo processo de fotossíntese. Neste a planta absorve o gás carbônico (CO2) e libera o gás oxigênio (O2). Na respiração das plantas, como ocorre exatamente o contrário do processo da fotossíntese. Assim como os animais, a planta absorve o gás oxigênio que está presente no ambiente e libera o gás carbônico.

Como ocorre a respiração das plantas

Nas plantas, a respiração ocorre em todas as partes do vegetal, mas a principal parte é a folha, pois é nesta parte em que se encontra a maior quantidade de estômatos (que são as estruturas responsáveis pelas trocas gasosas). Ao contrário da fotossíntese, a respiração dos vegetais só é feita com a ausência da luz.

Como ocorre a transpiração das plantas

A transpiração dos vegetais é um processo que ocorre quando a planta absorve água em excesso. A água que está em excesso passa pela região da raiz em direção às folhas até que seja passada para a atmosfera.

Assim como na respiração, a principal parte do vegetal que é responsável por realizar a transpiração é a folha. A morfologia e fisiologia desta parte da planta passaram por muitas adaptações com o passar dos tempos. Com o intenso calor e tempo seco de alguns lugares, os vegetais passaram a evoluir obtendo, desta forma, mecanismos reguladores quanto à absorção, retenção e perda de água.

O excesso de água desses vegetais é liberado pelas folhas para o meio ambiente através de pequenas gotinhas de água que se transformam em vapor. Quando as temperaturas estão muito elevadas em certo período do dia, a planta fecha seus estômatos para não perder muita água para o meio ambiente e consequentemente ficar desidratada.

A importância da transpiração

É importante saber que a quantidade de folhas e a superfície foliar são fatores determinantes para a maior ou menor taxa de transpiração, isso acontece devido às células estomáticas.

A transpiração dos vegetais é muito importante para a sobrevivência das plantas. Ela colabora no processo de transportação de substâncias (sais minerais, carboidratos, aminoácidos e outros) que saem da raiz e chegam ao mais alto extrato arbóreo, fazendo o papel de uma bomba propulsora. Além disso, a transpiração ainda evita o aquecimento exagerado e elimina o excesso de calor na forma de vapor.

Veja mais!