Publicado por Anna de Cássia

O Saci-Pererê é um dos personagens mais famosos do folclore brasileiro. Ele é um moleque brincalhão e que faz muitas travessuras por onde passa. Ele é bem negro e tem uma perna só, anda pulando, tem uma carapuça vermelha e o tempo inteiro está fumando um cachimbo.

Saci-Pererê

Foto: Reprodução

A lenda do Saci-Pererê

O Saci adora fazer brincadeiras, dar susto nas pessoas, esconder objetos que elas precisam, assusta os bichos e emite ruídos estranhos, mas ele também tem um trabalho importante. Ele vive nas matas e por isso é um grande conhecedor de plantas e ervas medicinais. Se alguém tentar pegar alguma essas ervas na floresta sem pedir a autorização do saci vais e tornar vítima de uma das suas brincadeiras.

Vive a procura de caçadores, e quando encontra um fica assustando para ele ir embora e não matar nenhum animal nem destruir a natureza. Para não ser pego o Saci consegue se deslocar rapidamente para um lugar distante dentro de um redemoinho de vento, e segundo a lenda, a única maneira de captura-lo é necessário um ritual complicado:

  • Primeiro tem que jogar uma peneira no redemoinho, ai o saci vai parar de rodar e aparecer.
  • Depois é preciso muito rapidamente retirar a carapuça dele. Se demorar muito ele volta a rodar e some no redemoinho.
  • Quando perde sua carapuça o saci se torna vulnerável. Então a pessoa deverá prender ele dentro de uma garrafa.
  • Depois de preso ele irá obedecer a pessoa que o prendeu ali.

O dia do Saci-Pererê

Em 2005 foi declarado que o dia 31 de outubro é o dia nacional do Saci! A escolha dessa data foi por que, no mesmo dia, é comemorado o Halloween, uma festa da cultura norte-americana que tem se tornado muito popular aqui no Brasil. Então declarar 31 de outubro como dia do Saci foi uma tentativa de diminuir a influência que as culturas estrangeiras têm sobre o país e valorizar mais o nosso folclore.

O Saci na literatura e televisão

Esse personagem tão importante do folclore brasileiro apareceu nos vários livros de Monteiro Lobato da série Sítio do Pica-Pau Amarelo. Lá ele é visto fazendo muitas brincadeiras e armações pra todo mundo do sítio. O sucesso foi tão grande que o saci ganhou vida quando a história de Lobato foi recriada, filmada e transmitida na televisão.

Outro momento em que o Saci-Pererê apareceu na literatura brasileira foi nos quadrinhos do Chico Bento, criados por Maurício de Souza, onde o Saci aparece constantemente, já que Chico Bento vive em um sítio.

Veja mais!