Geografia

Setores da economia

Para o melhor entendimento das atividades humanas de produção e consumo das mercadorias de um determinado país, a economia pode ser dividida em três setores: primário, secundário e terciário.

Essa divisão é feita de acordo com os produtos produzidos, modos de produção e recursos utilizados, podendo mostrar o grau de desenvolvimento econômico de um país ou região, além de uma maior compreensão a respeito de todo o processo que ocorre desde a exploração dos recursos naturais, a industrialização e o uso dos produtos pela população.

Setores da economia

Foto: Reprodução

Primário, secundário e terciário

Setor primário

O setor primário da economia tem relação com a exploração dos recursos da natureza para a produção, fornecendo a matéria-prima para o abastecimento das indústrias de transformação. Os exemplos de atividades econômicas do setor primário são as seguintes: agricultura, mineração, pecuária, pesca, extrativismo vegetal e caça. O cultivo e produção de café e a extração de ouro (ou prata) fazem parte do setor primário da economia. É um setor vulnerável, pois depende muito de fenômenos da natureza como o clima.

Setor secundário

O setor secundário é o responsável por transformar as matérias primas, produzidas pelo setor primário, em mercadorias industrializadas (automóveis, eletrônicos, casas, máquinas, roupas etc.). Dessa maneira, este setor compreende a produção de máquinas e equipamentos, produção de bens de consumo, construção civil e geração de energia, além de promover a distribuição dos produtos na forma de atacado.

Setor terciário

O setor terciário é o setor econômico do comércio em geral e da prestação de serviços, onde os produtos são direcionados ao consumidor, sendo diretamente ligado ao comércio varejista.

Os professores, advogados, profissionais liberais em geral, serviços de informática, serviços de limpeza, serviços bancários e administrativos, a educação, o transporte, turismo, a administração pública, saúde, telecomunicações, entre outros, estão ligados neste setor.

O setor terciário é marcante nos países que possuem um elevado grau de desenvolvimento econômico, pois quanto mais rica é uma região, maior é a presença de atividades deste setor e mais a população recebe uma variedade de serviços.

Mudanças na configuração dos setores da economia

Com o processo de globalização, que teve início no século XX, o setor terciário da economia foi o que mais se desenvolveu no mundo. Pesquisas já revelaram que, nos países centrais, vem acontecendo a diminuição da população que habita as zonas rurais, tornando-se uma população praticamente urbana e ingressando nos setores secundários e terciários.