Publicado por Natália Petrin

Também conhecida como Floresta de Coníferas, ou ainda Floresta Boreal, a taiga é composta por um tipo de vegetação que pode ser encontrado em países localizados na porção norte do hemisfério norte, e está adaptada a ambientes com clima mais frio e pouco úmidos.

Taiga

Foto: Reprodução

Características

Com temperaturas bem baixas e pouca umidade, o clima da taiga é subártico com ventos fortes e muito gelados. Com temperaturas que podem chegar até -54°C, o inverno é longo e muito intenso, enquanto o verão é curto e apresenta temperaturas de, no máximo 20°C. As precipitações são raras, não ultrapassando os 100 mm anuais, na forma de chuva ou de neve.

O solo raso e ácido apresenta ausência de nutrientes que, em conjunto ao clima, dificultam o desenvolvimento diversificado de vegetais, sendo as mais comuns as coníferas e os pinheiros, que são árvores de grande porte com tronco reto e copa em formato de cone. Suas folhas possuem o formato de agulha, ou seja, são aciculifoliadas, característica que objetiva não acumular a neve nos invernos mais rigorosos. As paisagens das taigas, portanto, são muito homogêneas, ou seja, possuem paisagens semelhantes ao longo de sua extensão.

A fauna, por sua vez, ao contrário da vegetação, apresenta-se na taiga com várias espécies como usos, bisões, alces, lobos, esquilos, lebres, raposas, morcegos e aves. No entanto, em dias de inverno mais rigoroso, alguns desses animais migram enquanto outros hibernam e, alguns, devido às suas adaptações, permanecem na região.

Onde encontrar?

Como citamos anteriormente, a taiga está presente na porção norte do hemisfério norte do planeta, podendo ser encontrada em países como o Canadá, a Rússia e algumas regiões da Ásia e da Europa.

A vegetação conhecida como taiga pode ser encontrada em regiões de elevadas latitudes, sendo o clima típico continental frio e polar, como citado anteriormente.

Riscos de extinção

Este tipo de paisagem, no entanto, pode entrar em extinção. Isso devido ao fato de que suas reservas, em boa parte, foram desmatadas para que fosse possível a ocupação humana, assim como para a utilização comercial da maneira e para a produção de papel.

Como exemplo deste desmatamento, podemos citar a taiga canadense, pois o país tem como uma importante atividade econômica – 10% das exportações nacionais – a utilização das árvores para fabricação de papel. Algumas estimativas ainda apontam que o país é responsável por cerca de 50% de todo o papel-jornal que é comercializado no mundo todo.

Veja mais!