Publicado por Anna de Cássia

O que é uma dissertação?

A dissertação é um texto que busca debater minunciosamente sobre um determinado tema, desdobrando-o em vários de seus aspectos – ou em todos, quando for possível.  A natureza deste texto é teórica, onde o autor pode defender um ponto de vista, propor debates e reflexões, inserir uma nova forma de pensar e fazer questionamentos que vão instigar e abalar as concepções anteriores do leitor. Tudo isso deve ser ordenado no texto em uma estrutura lógica, que tenha começo, meio e fim.

É importante também o autor sempre citar exemplos, para dar mais força aos seus argumentos. Ele deve também buscar respostas e conclusões para a problemática do tema, mas deve tomar cuidado para não impor seus pensamentos, nem se esforçar muito para convencer o leitor com seus argumentos. O autor precisa ter consciência de que, acima de tudo, um texto dissertativo serve para propagar novos conhecimentos e abrir discussões, e não para impor pontos de vista.

Texto dissertativo

Foto: Reprodução

A impessoalidade da dissertação e os tempos verbais

Como o texto dissertativo deve conter a opinião do autor e sua forma de pensar sobre o tema, é desnecessário começar as frases com termos como “eu acho que”, “eu acredito que”, etc. Esses tipos de termos são considerados um erro grave nas dissertações, o certo é tentar manter a impessoalidade.

Portanto, ao invés de escrever “eu acredito que a desigualdade social é um problema muito sério”, opte por termos mais impessoais, como “percebe-se que a desigualdade social é um problema muito sério” ou “podemos notar que a desigualdade social é um problema muito sério”.

Nesses casos, usa-se principalmente a 3ª pessoa do singular (ele) ou a 1ª pessoa do plural (nós), como está nos dois exemplos citados acima. Mas cuidado. Se você começar o texto na 3ª pessoa do plural, tem que ir até o final usando o mesmo tempo verbal. Se no meio do texto você escrever algo na primeira pessoa do plural haverá uma discordância no texto, e você poderá perder pontos por isso.

Estrutura da dissertação

O texto dissertativo precisa ser divido em parágrafos, sendo o primeiro sempre a introdução. Nele é necessário introduzir o tema do qual se vai falar, expondo alguma de suas características principais, mas sem mostrar ainda o ponto de vista do autor.

O ponto de vista deve aparecer apenas no segundo parágrafo, que é o desenvolvimento. Nele o autor vai começar a expor seus argumentos para provar seu ponto de vista. O desenvolvimento pode conter mais de um parágrafo.

O último parágrafo do texto deve ser sempre a conclusão. Neste parágrafo o autor precisa finalizar a discussão do tema, concluindo alguma coisa de acordo com seus argumentos que foram citados nos parágrafos de desenvolvimento.

Veja mais!