Publicado por Katharyne Bezerra

Entre tantos tipos de lancheira escolar fica difícil para os papais, mamães ou responsáveis escolher o ideal para a criança. Por exemplo, no mercado há o modelo térmico, de plástico e até mesmo o kit com a mochila e a lancheira.

Mas qual desses tipos escolher? Qual desses materiais é o ideal para conservar o lanche dos pequenos? Foi pensando nessas dúvidas que o Estudo Kids preparou esse artigo, com o objetivo de esclarecer cada tópico desse.

Para isso, trouxemos os tipos de lancheira escolar mais comuns e as características desses utensílios. Além disso, há ainda um conteúdo sobre como montar uma lancheira saudável para a criança e algumas dicas que podem auxiliar nesse processo.

Tudo isso sem contar com as informações a respeito de como limpar a lancheira. Por fim, tratamos de qual a melhor marca para se investir nesse utensílio escolar infantil. Sendo assim, se você busca por todo esse conhecimento, continue a leitura e aprenda como deixar a saúde da criança em dia escolhendo o material ideal da lancheira.

Tipos de lancheira escolar

Atualmente, a maioria das lancheiras de cunho escolar são feitas com o material térmico. No entanto, ainda há no mercado as opções de plástico. A seguir você pode conferir as características de cada uma delas e decidir o tipo ideal para a necessidade da criança.

Lancheira com lanche saudável

Existem dois modelos mais comuns de lancheira escolar: as térmicas e as de plástico (Foto: depositphotos)

Lancheira térmica escolar

As lancheiras térmicas são produzidas com um material acolchoado que serve para manter a temperatura dos alimentos que estão dentro dela. Com isso, supõe-se que o que é quente permanece quente e o que é gelado mantêm-se assim.

No entanto, é preciso ressaltar que os alimentos mais gelados precisam de um doador de frio para se manterem com a mesma temperatura inicial. Isso significa dizer que é necessário colocar uma bolsinha de gelo em gel, para que assim os alimentos fiquem conservados.

Assim, tomando esses cuidados é possível colocar sucos que estavam na geladeira em garrafas também térmicas, queijos, presunto, frutas cortadas em panelas com tampinhas, iogurtes etc. Consequentemente, os alimentos podem se manter estáveis por até 8 horas dentro das lancheiras térmicas. 

Com todos esses benefícios essas lancheiras se tornam mais caras. Mas, mesmo assim, é um ótimo investimento para a saúde da criança, pois com elas é possível levar uma maior variedade de lanches, muitas vezes sendo eles mais frescos e saudáveis.

Veja tambémAlimentos bons para a inteligência

Lancheira de plástico

Ao contrário do tipo anterior, as lancheiras feitas de plástico não possuem a função de manter a temperatura dos alimentos. Por serem feitas de plástico rígido possuem uma restrição com relação aos tipos de alimentos carreados.

Por exemplo, nesses casos o mais recomendado é que as crianças levem frutas com casca, bolinhos secos e bebidas conhecidas pelas embalagens de longa vida. Isso porque o material da lancheira não é apropriado para alimentos gelados e nem quentes.

Com tudo isso, é um tipo de lancheira mais barata que as demais. No entanto, não possui uma durabilidade tão longa como as suas concorrentes. Portanto, é necessário avaliar essas características para escolher a que mais se adapta a realidade da criança.

Kit escolar mochila e lancheira

Além das duas opções já citadas, há também o tipo chamado de kit escolar mochila e lancheira. Nesse caso, é importante ficar atento ao material utilizada nos produtos destinados a carregar a merenda da criança.

Pode ser possível encontrar kit com lancheira térmica ou de plástico. Por isso se faz necessário estar atento a melhor opção para o que você procura. Ainda nesses casos, é possível vir como brinde panelinhas e garrafinhas.

Lancheira saudável para escola

Após escolher o material da lancheira para a criança, está na hora de saber o que colocar dentro desse utensílio. Isso porque, a escolha dos alimentos que compõem o lanche dos pequenos vai refletir na saúde deles.

Por exemplo, leve em consideração que as lancheiras de plástico não devem conter nada que foi retirado da geladeira. Já as lancheiras térmicas podem conter os alimentos refrigerados e também os quentinhos.

Além disso, preste atenção na hora de montar o lanche da criança com relação ao tipo de alimentos que são escolhidos. De uma maneira geral, é ideal optar por frutas, verduras e vegetais. Mas também é indicado fugir dos industrializados, devido ao alto conteúdo de gorduras, sal e açúcares.

A seguir você pode conferir algumas dicas no preparo da lancheira da criança, levando em consideração o que pode e o que não deve estar incluso na alimentação do pequeno.

Veja tambémComo organizar a minha mochila escolar

O que colocar na lancheira?

A escolha dos alimentos que compõem a merenda vai resultar em uma criança mais saudável. Além disso, contribui com o crescimento e desenvolvimento positivos do pequeno, dando-lhe a energia necessária para o dia a dia.

Alimentos saudáveis para lanche

Um lanche saudável precisa ter frutas, verduras, cereais, água e derivados do leite (Foto: depositphotos)

Por isso, os pais e responsáveis devem investir em:

  • Frutas: bananas, maçã, pera, uva, manga
  • Cereais: aveia, pão, granola
  • Lácteos: leite, iogurte, queijos
  • Bebidas saudáveis: sucos de frutas naturais e água

O que não colocar na lancheira?

Enquanto alguns alimentos podem fazer bem para o organismo das crianças, outros podem resultar em problemas de saúde. Por exemplo, as escolhas erradas podem provocar, a curto prazo, infecções gastrointestinais e, a longo prazo, diabetes e até obesidade. Por isso, evite oferecer à criança esses alimentos:

  • Bebidas gaseificadas: Refrigerantes no geral
  • Doces: Bolos recheados, chocolates em barra, goma de mascar, pirulitos
  • Salgados: Tanto os salgados fritos, como pastéis, coxinhas e batatinhas, como os salgadinhos embalados
  • Produtos industrializados: Todos os demais produtos industrializados, que são pobres em nutrientes e ricos em sódio, açúcares, corantes e conservantes

Como lavar lancheira escolar?

Mas de nada adianta escolher a lancheira ideal e acertar na escolha do lanche para as crianças, se a lancheira está sendo utilizada de forma errada. Isso ocorre muito com relação a limpeza desse utensílio escolar infantil que é falha por falta de conhecimento.

Nesse sentido, recomenda-se a limpeza diária da lancheira. Assim que a criança chegar em casa, retire tudo o que restou do lanche, jogue fora e comece a limpar o interior da lancheira com água e detergente.

Não use o lado áspero da esponja quando lavar as lancheiras térmicas e caso haja alguma sujeira mais difícil de sair, aplique bicarbonato de sódio. Deixe o produto agir por até cinco minutos e enxágue com água limpa e corrida.

Dessa forma, evita-se o acúmulo de sujeira, a proliferação de bactérias e formação de mau cheiro. Portanto, evita que a criança fique doente por meio da ação de fungos e bactérias.

Qual a melhor marca de lancheira térmica?

Depois de todas essas informações, agora você conhece os tipos de lancheira que existem, conhece também as características da lancheira térmica, de plástico e do kit escolar de mochila e lancheira. Além disso, você já sabe como montar uma opção de lanche saudável para a criança e como lavar esse utensílio.

Veja também: Como escolher a mochila escolar ideal?

Agora só falta descobrir qual a melhor marca de lancheira térmica, para que assim você possa escolher a que mais lhe agrada. Por isso, separamos alguns nomes de marcas conhecidas nacionalmente, são elas: Coca-cola, Puket, Zoo.

Veja mais!