Publicado por Lia Vieira

O Tiranossauro Rex, cujo nome significa “lagarto tirano rei”, foi um dos maiores carnívoros terrestres encontrado no planeta Terra até hoje, perdendo apenas para o Carcharodontossauro.

Este dinossauro viveu há aproximadamente entre 67 a 65,5 milhões de anos atrás, no final do período Cretáceo, na América do Norte. Chegava a medir 12 metros de comprimento e 5 metros de altura e pesava cerca de 8 toneladas. Caminhava em postura vertical, portanto era bípede, isto é, como o ser humano e os primatas.

Características físicas do tiranossauro rex

Dentes perigosos

Seus dentes eram pontudos com 20 centímetros de comprimento, com bordas serrilhadas. Eles furavam e rasgavam a carne de presas, depois os músculos potentes de duas mandíbulas arrancavam porções de carne.

Crânio enorme

O crânio do Tiranossauro Rex era grande, cilíndrico e muito resistente. Possuía uma circunferência média de aproximadamente um metro.

Constituído por filamentos de ossos interligados que eram conectados à coluna vertebral por um osso grosso e longo. A parte traseira do crânio era ampla e seu focinho era curto com narinas grandes. Sua mandíbula era tão poderosa que atuava com a pressão de 1300 quilos.

Tiranossauro Rex

Foto: Reprodução

Braços curtos

Seus braços e patas dianteiras eram tão curtos, finos e pequenos que não chegavam a alcançar a boca do Tiranossauro Rex. Suas patas dianteiras possuíam em cada uma apenas dois dedos.

Alguns cientistas acreditam que seus pequenos membros o auxiliavam em momentos de acasalamento e permitiam uma maior velocidade no instante do ataque às presas. Atualmente nenhum outro animal possui braços similares.

Pernas fortes e longas

Possuía pernas fortes e longas, o suficiente para sustentar o grande corpo e movimentá-lo a uma velocidade de até 40 hm/h. Seus pés possuíam garras enormes e muito fortes. Apenas três de seus dedos eram de apoio e um era pequeno demais para tocar o chão.

Cauda forte

Sua cauda era longa, grossa e forte, formada por mais de quarenta vértebras, que servia para balancear o peso do tronco e da cabeça grande.

Ovos e filhotes

O Tiranossauro Rex botava ovo e, provavelmente, estes ovos eram enterrados na areia. Acredita-se que estes ninhos eram protegidos, em função da falta de marcas de fraturas nesses animais quando jovens.

Como nunca foi encontrado um ovo de Tiranossauro Rex, é difícil saber como o animal se comportava depois que os filhotes nasciam, portanto se a mãe abandonava os filhotes ou não, continua sendo um mistério.

Classificação científica

  • Reino: animália;
  • Filo: chordata;
  • Classe: reptilia;
  • Superordem: dinosauria;
  • Ordem: saurischia;
  • Subordem: theropoda;
  • Infraordem: tetanurae;
  • Micro-ordem: carnosauria;
  • Família: tyrannossauridae;
  • Gênero: tyrannossaurus.

Veja mais!