Publicado por Priscila Melo

Hoje em dia vivemos na democracia, mas nem sempre foi assim. Já houve várias formas de administrar um país. Entre essas formas temos o totalitarismo, que era um dos sistemas de governo mais injustos. O conceito do totalitarismo vem desde a década de 1930. Veja agora um pouco mais sobre este assunto.

Totalitarismo

Foto: Reprodução

Definição

O totalitarismo é uma forma de organização do Estado, onde todos os poderes ficam concentrados nas mãos do governante. O poder fica totalmente concentrado sob o domínio de uma elite aristocrata. Neste tipo de governo não existe nenhuma forma de democracia e os direito individuais também não são garantidos.

O fascismo e o nazismo

Para compreender melhor o regime totalitarista basta voltarmos um pouco na história. Durante a década de 30 e também na Segunda Guerra Mundial (que ocorreu entre 1939 e 1945) a Alemanha e Itália eram Estados totalitários. Na Alemanha era o governo nazista e na Itália o governo fascista. Os regimes totalitários que surgiram no mundo através do nazismo e fascismo vieram devido a um período que foi totalmente marcado pela crise do sistema capitalista em algumas regiões.

Características

Em um regime totalitário, o líder decreta as Leis e toma todas as decisões tanto políticas quanto econômicas de acordo com as vontades dele. Mesmo existindo um sistema judiciário e legislativo, nos países em que este sistema é adotado tanto o judiciário quanto o legislativo não possuem poder para interferir nas decisões.

Veja agora mais outras características que são marcantes no regime totalitário:

  • O uso excessivo da força militar com o objetivo de reprimir qualquer tipo de oposição ao governo;
  • Raramente era feito qualquer tipo de eleição e quando ocorriam eram sempre manipuladas.
  • Havia censura e controle total dos meios de comunicação (formais, rádio, revistas);
  • Era feita uma propaganda governamental que tinha como objetivo exaltar a figura do líder.

O totalitarismo na economia

Do mesmo modo que o poder se concentrava nas mãos do líder quando nos referimos a política, a mesma coisa acontecia na economia. Esse sistema dava ao líder o poder e direito do progresso material da nação, era o único que poderia intervir nos empreendimentos econômicos.

Com o controle das grandes empresas estatais que tinham muita influência nos setores industriais, o líder possuía poder sobre os outros setores da economia que dependiam das empresas estatais para se desenvolverem economicamente.

Estado “policial”

Podemos dizer que o Estado totalitário também é um Estado policial, pois este governo é marcado pela violência física e psicológica. De acordo com as características que você viu acima é possível observar como esse governo era repressivo, violento e autoritário, pois controlava até a vida pessoal e familiar.

Veja mais!