Publicado por Anna de Cássia

Se você mora no Sul do país provavelmente já ouviu falar no tuco tuco! Ele é um mamífero roedor, que parece um rato peludo, e vive pincipalmente no Sul da América – incluindo o Sul do Brasil. Conheça mais sobre este animal com nome engraçado.

Tuco tuco

Foto: Reprodução

Características do tuco tuco

Ele é um roedor pequeno, medindo cerca de 25 centímetros, e possui uma cauda curta, e muitos pelos em uma cor que pode variar de acordo com a espécie do tuco tuco – estima-se que existem 60 espécies diferentes do animal, e só aqui no Brasil existem 8.

A espécie Ctenomys flamarioni, por exemplo, tem os pelos cor de areia. Já a espécie Ctenomus torquatus possui os pelos em uma coloração mais escura, amarronzada – além de possuir uma mancha branca na altura do pescoço. Pode-se encontrar também algumas espécies de tuco tuco na cor preta.

A principal alimentação do tuco tuco são gramíneas (plantas rasteiras) e raízes de algumas plantas. Eles gostam bastante de ficar sozinhos, e quando tem algum predador por perto e eles se sentem ameaçados, os machos emitem um som bem entraçado que parece um “tuco tuco”, e é por causa desse som que batizaram o animal com o mesmo nome.

Habitat do tuco tuco

Esses roedores vivem dentro da terra, em buracos muito fundos que eles mesmos cavam, chamados galerias. Essas galerias podem atingir até mesmo 15 metros de comprimento. Por cavarem tantos buracos, os tuco tucos acabam tendo unhas muito grandes e musculaturas bem desenvolvidas – quase como se passassem o dia inteiro malhando na academia. Eles gostam de viver principalmente em lugares arenosos, como as dunas, pois são lugares mais fáceis de cavar.

Eles passam a maior parte do tempo dentro das galerias, e por isso são muito difíceis de ser avistados. Eles não costumam sair muito à superfície, mas mesmo assim, quando avistam um humano não são agressivos ou perigosos.

Tuco tuco em extinção

Esse roedor bonitinho corre um sério risco de entrar em extinção, graças a açaõ do homem que bem destruindo o meio ambiente, que é a fonte de abrigo e alimento desses animais. A agricultura, o desmatamento e a construção de casas tem destruído cada vez mais o habitat do tuco tuco.

Existem ainda algumas espécies de tuco tuco que vivem nas praias, em baixo da areia, e quando constroem um calçadão na praia eles não conseguem mais sair de lá de dentro, ficam presos e acabam morrendo.

Veja mais!