Publicado por André Luiz Melo

Devido à inclinação do eixo da Terra de 23,5 graus em relação ao Sol, no período que compreende o verão, a incidência dos raios solares é praticamente perpendicular à superfície terrestre, permitindo elevada concentração de energia solar e tornando os dias mais longos que as noites.

Verão

Foto: Reprodução

Sucedendo a primavera e antecedendo o outono, o verão é a estação do ano que no Hemisfério Sul – que compreende o Brasil – tem início em 21 de dezembro e se estende até 20 de março. Já no Hemisfério Norte – onde estão localizados países como Estados Unidos e Canadá –, essa estação ocorre entre 21 de junho e 23 de setembro.

Durante este período é comum que alguns países adotem o horário de verão, em que os relógios são adiantados em uma hora para promover a redução de energia elétrica em horários de alto consumo, visto que no verão os dias são mais longos.

Como no período as temperaturas sobem e causam considerável evaporação de água, este fenômeno provoca a formação de nuvens e, posteriormente, fortes pancadas de chuvas. Já em algumas regiões secas, como no semiárido brasileiro, o verão é responsável por causar drásticas estiagens prolongadas.

Cuidados

O verão é a época do ano em que mais as pessoas devem tomar precauções, principalmente com relação à pele e a saúde de um modo geral, devido altas temperaturas dos termômetros.

A exposição ao sol é uma das principais precauções a serem tomadas. Nada de tomar banho de sol, por exemplo, entre 10h e 16h. E se necessário se expor aos raios ultravioletas durante esse horário, não se esquecer de fazer uso do protetor solar.

Se deixar atingir pelo sol durante esse período, o qual as temperaturas pipocam, pode causar desidratação e severas queimaduras na pele. Se prevenir contra doenças como diarreias, dengue, micoses e bactérias também deve estar na lista de prioridades para o verão.

Alimentação

Muita precaução com o que se pretende ingerir durante o verão. Além dos alimentos de praxe nas refeições, como feijão, arroz e carne, é primordial a ingestão de frutas e legumes. Dar vez aos sucos ao invés dos refrigerantes é outra indicação. Além, claro, de beber muita água, inclusive, a de coco.

Veja mais!