Publicado por Prof. Junior Sousa

Os verbos em inglês se tornam essenciais na hora de estudar a língua porque são uma das classes gramaticais que nós mais utilizamos em nossa vida cotidiana.

Verbos são as palavras que nos ajuda a montar orações que expressam ações, estados ou fenômenos da natureza. A maioria dos textos e frases que temos contato ou que construímos em nosso dia a dia estão cheias de verbos em suas composições.

Eles são essenciais para que a gente consiga dizer o que estamos fazendo, sentindo, pensando, e, por isso eles se constroem em diversos tempos e modos verbais. Seja em qual for a língua precisamos comunicar coisas que já aconteceram, coisas que estão acontecendo, que acontecem com frequência e que vão acontecer.

Esse texto vai ensinar como os verbos funcionam em inglês e em que tempos eles são utilizados. Vamos aprender?

Verbos irregulares em inglês

Vamos começar a estudar os verbos em inglês na parte que eles costumam causar mais dúvidas de aplicação: que são os verbos irregulares em inglês.

O que torna um verbo irregular em inglês é sua forma de conjugar-se no passado. Obrigatoriamente, todos os verbos em inglês vão ter três conjugações fixas, que são: INFINITIVE (infinitivo) / PAST SIMPLE (passado simples) / PAST PARTICIPLE (particípio passado).

Lista de verbos em inglês

Os verbos irregulares normalmente causam mais estranheza quanto a sua conjugação (Foto: depositphotos)

Nos verbos irregulares a forma de um verbo é uma no infinitivo e ele foge à regra que é constantemente dita nas escolas e cursinhos de línguas, de que basta acrescentar uma ou duas letras para que o verbo fique no passado em inglês.

Com esses verbos, cada um deles tem uma forma diferente do verbo no particípio principal que não segue um padrão, alguns são via acréscimo, outras mudam a palavra, outras trazem decréscimo de letras ou sílabas. E por isso eles criam algumas dúvidas em quem está aprendendo inglês, porque não seguem um padrão lógico.

E muitos professores costumam passar listas de verbos irregulares em inglês para que os alunos “decorem”.

Veja também: Alfabeto em inglês

Observe essa pequena lista de verbos irregulares em inglês:

INFINITIVEPAST SIMPLEPAST PARTICIPLEPORTUGUÊS
To buyBoughtBoughtComprar
To bringBroughtBroughtTrazer
To haveHadHadPossuir, Ter.
To keepKeptKeptManter, Guardar.
To meetMetMetConhecer, Encontrar.

Fora esses verbos irregulares onde temos apenas a mudança de forma em relação ao verbo no infinitivo, e que não segue um padrão previamente estabelecido, temos também verbos irregulares em inglês que são um pouco mais desafiadores.

Eles apresentam uma forma no infinitivo, uma no passado simples, e, outra diferente no particípio passado, como ocorre na lista de verbos irregulares em inglês aqui embaixo:

INFINITIVEPAST SIMPLEPAST PARTICIPLEPORTUGUÊS
To doDidDoneFazer
To goWentGoneIr
To writeWroteWrittenEscrever
To speakSpokeSpokenFalar, Dizer
To beWasBeenSer, Estar

A diferença principal dos verbos em inglês serem regulares ou irregulares estará na forma que você vai utilizar os verbos em frases no passado, ou simplesmente, em conjugações passadas.

Nos tempos em que o verbo é utilizado em sua forma infinitiva sem o TO (geralmente quando se fazem necessários verbos auxiliares) não haverá diferença na conjugação ou aplicação, sejam os verbos regulares ou irregulares.

Verbos regulares em inglês

Os verbos regulares em inglês acabam não causando tanta estranheza porque eles parecem ser muito mais simples de serem compreendidos por quem está começando a estudar inglês ou mesmo quem estuda a mais tempo.

Para esses verbos, a simplicidade reside no fato de que tanto a forma simples do verbo no passado quanto o passado particípio sempre terão a mesma conjugação. E essa conjugação se dará com o acréscimo de “D” no final da forma infinitiva do verbo ou de “ED”.

Observe a lista de verbos regulares em inglês abaixo e perceba como isso se dá:

INFINITIVEPAST SIMPLEPAST PARTICIPLEPORTUGUÊS
To CryCriedCriedChorar
To ChangeChangedChangedMudar, Trocar
To CloseClosedClosedFechar
To AgreeAgreedAgreedConcordar
To CallCalledCalledLigar, Chamar, Telefonar
To LoveLovedLovedAmar, adorar
To LikeLikedLikedGostar
To EnjoyEnjoyedEnjoyedDivertir-se, apreciar
To FearFearedFearedTemer
To HateHatedHatedDetestar

Tempos verbais em Inglês

Como em qualquer outra língua, os tempos verbais básicos do inglês vão se dividir em:

  • PRESENT ou presente: onde se utiliza dos verbos para falar sobre ações ou estados que estejam acontecendo ou que aconteçam com frequência por isso se tornam rotineiros, e até mesmo, de algumas situações que já aconteceram mas ainda não se encerraram ou guardam alguma relação com o agora.

Essa última função do presente, que é mais comum em inglês, refere-se aos tempos que conhecemos como “Perfect” e “Perfect Continuous”. Algumas pessoas quando estão estudando inglês, por não conseguirem fazer uma relação imediata com o que seria esse tempo em português, acabam por achá-lo confuso ou mesmo difícil, mas isso é algo que pode ser desmistificado.

Logo, o presente em inglês se divide em: PRESENT SIMPLE, PRESENT CONTINUOUS, PRESENT PERFECT, PRESENT PERFECT CONTINUOUS.

  • PAST ou passado, em inglês, será o tempo que serve de referência para falar sobre ações que já aconteceram. Tenham elas acontecido e se finalizado imediatamente, acontecido e perdurado por algum tempo, ou mesmo, acontecido antes de uma outra ação que também já está no passado acontecer.

Por isso, em inglês, o passado vai se dividir em: PAST SIMPLE, PAST CONTINUOUS, PAST PERFECT e PAST PERFECT CONTINUOUS para que todos os acontecimentos passados sejam corretamente narrados, tenha a ordem cronológica ou seu tempo de duração o foco na frase.

  • FUTURE ou futuro, em inglês: é o tempo verbal que vai definir o que está para acontecer ou o que está por vir em frases e textos. Seja esse acontecimento futuro algo que irá vir e se encerrar ou perdurar por tempo indeterminado ou algo que perdurará por um tempo mas tem previsão de fim.

O futuro em inglês vai se dividir em: FUTURE SIMPLE, FUTURE CONTINUOUS, FUTURE PERFECT, FUTURE PERFECT CONTINUOUS, sendo esse último o tempo verbal que tem uma das suas funções principais de utilização a idealização de coisas no presente que terão acontecido no futuro.

Veja também: Inglês na infância é realmente importante? Mitos e verdades sobre o assunto

Verbos no passado em inglês

Na hora de conjugar os verbos no passado em inglês, muitas pessoas que estão aprendendo a língua se confundem ou acabam por achar que a tarefa pode ser mais difícil do que ela de fato é.

Utilizando as nossas listas de verbos em inglês, tanto dos regulares quanto dos irregulares, juntos nós vamos conjugar os verbos em inglês no passado em todos os tempos verbais que ele pode apresentar e nos três modos de conjugação: AFFIRMATIVE / NEGATIVE / INTERROGATIVE.

Comecemos com o exemplo do verbo regular TO WATCH (assistir) na afirmativa. Observe com os sujeitos como ele se comporta ao ser conjugado no passado:

PAST SIMPLEPAST PERFECTPAST CONTINUOUSPAST PERFECT CONTINUOUS
IWATCHEDHAVE WATCHEDWAS WATCHINGHAVE BEEN WATCHING
YOU / WE / THEYWATCHEDHAVE WATCHEDWERE WATCHINGHAVE BEEN WATCHING
HE / SHE / ITWATCHEDHAS WATCHEDWAS WATCHINGHAS BEEN WATCHING

Esse mesmo verbo, na negativa, é conjugado dessa maneira:

PAST SIMPLEPAST PERFECTPAST CONTINUOUSPAST PERFECT CONTINUOUS
IDIDN’T WATCHHAVEN’T WATCHEDWASN’T WATCHINGHAVEN’T  BEEN WATCHING
YOU / WE / THEYDIDN’T WATCHHAVEN’T WATCHEDWEREN’T WATCHINGHAVEN’T BEEN WATCHING
HE / SHE / ITDIDN’T WATCHHASN’T WATCHEDWASN’T WATCHINGHASN’T BEEN WATCHING

E, na interrogativa, é assim que esse verbo será conjugado:

PAST SIMPLEDID I WATCH?DID (YOU/ WE / THEY) WATCH?DID (HE / SHE / IT) WATCH?
PAST PERFECTHAVE I WATCHED?HAVE (YOU/WE/THEY) WATCHED?HAS (HE/SHE/IT) WATCHED?
PAST CONTINUOUSWAS I WATCHINGWERE (YOU / WE / THEY) WATCHING?WAS (HE/SHE/IT) WATCHING?
PAST PERFECT CONTINUOUSHAVE I BEEN WATCHING?HAVE (YOU / WE / THEY) BEEN WATCHING?HAS (HE/ SHE/ IT) BEEN WATCHING?

Como a maioria das pessoas ao aprender inglês tem a tendência de achar que é mais fácil conjugar os verbos regulares que os irregulares no passado, vamos fazer o mesmo exercício usando um verbo irregular bastante comum agora: TO BE (ser, estar)

PAST SIMPLEPAST PERFECTPAST CONTINUOUSPAST PERFECT CONTINUOUS
IWASHAVE BEENWAS BEINGHAVE BEEN BEING
YOU / WE / THEYWEREHAVE BEENWERE BEINGHAVE BEEN BEING
HE / SHE / ITWASHAS BEENWAS BEINGHAS BEEN BEING

No modo verbal negativo, no passado o verbo TO BE é conjugado dessa maneira:

PAST SIMPLEPAST PERFECTPAST CONTINUOUSPAST PERFECT CONTINUOUS
IWASN’THAVEN’T BEENWASN’T BEINGHAVEN’T  BEEN BEING
YOU / WE / THEYWEREN’THAVEN’T BEENWEREN’T BEINGHAVEN’T BEEN BEING
HE / SHE / ITWASN’THASN’T BEENWASN’T BEINGHASN’T BEEN BEING

Para finalizar, na interrogativa, é assim que esse verbo deverá ser conjugado:

PAST SIMPLEWAS I?WERE (YOU/ WE / THEY)?WAS (HE / SHE / IT)?
PAST PERFECTHAVE I BEEN?HAVE (YOU/WE/THEY) BEEN?HAS (HE/SHE/IT) BEEN?
PAST CONTINUOUSWAS I BEING?WERE (YOU / WE / THEY) BEING?WAS (HE/SHE/IT) BEING?
PAST PERFECT CONTINUOUSHAVE I BEEN BEING?HAVE (YOU / WE / THEY) BEEN BEING?HAS (HE/ SHE/ IT) BEEN BEING?

*Júnior Sousa é professor de língua inglesa.

Veja mais!