Publicado por Robson Merieverton

Alguns animais causam repulsa só pelas suas características, como é o caso dos escorpiões. Imagina então, o que pode acontecer caso esses animais se sintam ameaçados e piquem uma pessoa. Só para início de conversas, eles carregam um veneno que, em contato com a corrente sanguínea, pode causar uma série de reações. Dependendo do caso, a vítima pode ser levada a óbito.

Em todo o mundo são identificadas cerca de 1.600 espécies de escorpiões, sendo que, cerca de 140 são incidentes no Brasil. Por ano, são registrados nove mil acidentes envolvendo picadas de escorpiões.

O escorpião amarelo, de nome científico Tityus serrulatus, é considerado o mais venenoso de toda a América do Sul, sendo o que mais ataca no Brasil. Ele pode atingir de seis a sete centímetros de comprimento.

vida-e-caracteristicas-dos-escorpioes-peconhentos

Foto: depositphotos

Características gerais do escorpião

Os escorpiões são animais de corpo alongado que possuem quatro pares de patas, um par de pinças no extremo anterior e apresentam um ferrão com glândulas de veneno na ponta da “cauda” articulada. Dependendo da espécie, ele pode variar de tamanho, cor e fatalidade do veneno. O animal possui hábitos noturnos, por isso sai em busca de alimentos no período noturno.

Os escorpiões amarelos são todos fêmeas. A reprodução ocorre por partenogênese, onde os óvulos da fêmea se dividem sem fecundação com o espermatozoide.

De uma só vez, podem ser gerados até 30 embriões, que se desenvolvem dentro do corpo da mãe. Assim que nascem, os filhotes vivem até duas semanas no dorso da mãe. A maturidade para a reprodução dessa espécie ocorre entre 1 e 3 anos de idade.

Os lugares preferidos pelos escorpiões para se proliferarem são aqueles de muita umidade e pouca luz. Eles são comumente encontrados sob pedras, frestas de pedras e barrancos, debaixo de cascas de árvores, em paredes e muros mal rebocados, madeira empilhada, entulhos, caixas de gordura, ralos, forros e saída de esgotos.

Esse tipo de animal se alimenta de diversos insetos, sendo a barata um dos preferidos. Na falta de alimento, eles podem praticar o canibalismo, ou seja, alimentam-se de outros escorpiões.

Veneno do escorpião

Esses animais são conhecidos pela agressividade e consequência do seu veneno. Ele é expelido por dois orifícios existentes perto da extremidade do ferrão, agindo sobre o sistema nervoso periférico das vítimas.

Dependendo da espécie, o veneno pode causar bastante dor, produção exagerada de suor, enjoo, vômitos, aumento dos batimentos cardíacos e dificuldade respiratória.

Em alguns casos, dependendo da fragilidade da vítima, pode causar até a morte, sobretudo quando essas vítimas são crianças. Por isso, ao ser picado por um escorpião, a primeira providência a ser tomada é encaminhar a vítima para um posto de saúde, onde ela possa receber atendimento médico com urgência.

Veja mais!