Publicado por Prof. Luana Polon

Você conhece a história e o significado da bandeira da França? Certamente, conhece um pouco sobre esse país, que é muito importante no cenário mundial e que está localizado no continente europeu.

Mas além de ser um país de destaque em vários momentos da história da humanidade, a França tem uma das bandeiras mais conhecidas dentre os países, isso porque ela representa um momento histórico importante, que foi a chamada “Revolução Francesa”.

Neste artigo, você saberá mais sobre a bandeira da França, suas cores e significados, um pouco sobre a constituição desta bandeira, bem como fatos sobre a história francesa. Confira!

A bandeira da França

A bandeira da França está intimamente ligada com a história daquele país, de modo que ela representa um momento de destaque não apenas para os franceses, mas para o mundo todo, que foi a chamada Revolução Francesa.

Bandeira da França

Essa bandeira é formada por três cores, são elas: azul, branco e vermelho (Foto: depositphotos)

Esta bandeira foi adotada no dia de 15 de fevereiro de 1794, e seu idealizador foi Jacques-Louis David, o qual era o pintor oficial da corte francesa, bem como de Napoleão Bonaparte, o líder político e militar que comandou os últimos estágios do período da Revolução Francesa.

Cores da bandeira da França

A bandeira da França é conhecida como “tricolor” ou “bleu, blanc, rouge”, isso porque é formada a partir de três faixas em sentido vertical, todas do mesmo tamanho, com as cores azul ao lado esquerdo, branco ao centro e vermelho na listra da direita.

A escolha pelas cores está relacionada com questões históricas, embora existam algumas outras hipóteses que expliquem estas colorações.

As cores de Paris são, historicamente, vermelho e azul, as quais representariam a Guarda Nacional Francesa naquele período, um exército que surgiu no contexto da Revolução Francesa.

Estas duas cores estariam cercando a cor branca na bandeira, o que seria uma representação de fechamento do cerco para a monarquia absolutista que havia governado a França durante séculos, e que agora estava ruindo.

Há outras interpretações ainda que afirmam que a cor azul representaria Paris, o branco seria uma representação da monarquia e o vermelho o sangue derramado nos conflitos.

Outra interpretação possível diz que o azul, o branco e o vermelho simbolizam respectivamente os poderes Legislativo, Executivo e o Povo, todos em dimensões iguais, demonstrando que nenhum se sobressai ao outro.

Além disso, as cores estariam relacionadas ainda com outro lema da França, a “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”.

Lema da França

Esse lema está relacionado com o passado revolucionário da França (Foto: depositphotos)

Significado e história da bandeira da França

A bandeira da França está relacionada com o acontecimento denominado de Revolução Francesa, o qual se perpetuou entre os anos de 1789-1799. Foi um período que impactou profundamente a França, o continente europeu e o mundo.

Houve um verdadeiro colapso na ordem política que perdurou durante anos, que foi a monarquia absolutista (quando o rei exerce poder absoluto num dado local).

O descontentamento da sociedade era muito grande, especialmente no chamado Terceiro Estado (burguesia, trabalhadores urbanos, camponeses) quanto aos privilégios que detinham a nobreza (Primeiro Estado, mais elevado estrato social da época) e o clero (Segundo Estado, bispos, abades, cônicos, sacerdotes – alto clero e baixo clero).

Os movimentos da época deram origem ao Estado democrático na França, impregnando a ideia da mudança em diversas outras partes do mundo, especialmente através dos ideais de “Liberdade, Igualdade, Fraternidade”.

Já no ano de 1790 havia uma bandeira com as cores atuais na França, representativa da luta, no entanto, com as cores posicionadas ao inverso do que são atualmente. A atual disposição das cores foi revista, alterando-se em 1794 para o formato que conhecemos hoje.

A hipótese mais aceita é que as cores azul e vermelha sejam representações da Guarda Nacional Francesa, as quais também são cores usadas para referenciar Paris (capital da França), enquanto o branco é uma representação da monarquia absolutista da época, a qual foi cercada e superada pelas forças democráticas.

Qual é a origem da França?

O território onde a França está atualmente é habitado há milhares de anos por diversas civilizações, uma delas as tribos celtas, de origem indo-europeia, que se instalaram naquela região.

Já nos anos de 600 a.C., os povos gregos fundaram uma colônia na região, a qual era chamada de Massilia, atualmente Marselha. Os romanos também estiveram presentes naquela região em 121 a.C., tendo eles dominado uma área que se estende desde o Mar Mediterrâneo até o Lago Genebra.

Já aproximadamente no século III, houve a presença de povos bárbaros na região, como os francos e os alamanos. E muitos outros povos seguiram ocupando no passado a região onde hoje é a França.

Foram vários momentos e acontecimentos históricos que moldaram aquele território. A França esteve presente em vários momentos importantes da história da humanidade, como guerras e conflitos, e foi palco de algumas das maiores mudanças sociais, políticas e econômicas de todo o mundo, como as grandes revoluções.

Talvez, o momento mais marcante da história da França tenha sido a Queda da Bastilha em 14 de julho de 1789, quando o Antigo Regime – monarquia absolutista – é derrotado pelo povo, implantando-se uma política democrática, a qual modernizou muito o país, influenciando mudanças no mundo todo.

Esses acontecimentos foram as bases para que hoje a França seja um dos países mais desenvolvidos e ricos de todo o mundo.

Bandeira da França para colorir

Caso você queria colorir a bandeira da França, segue um molde para isso. Observe que há um ordenamento das cores a ser respeitado, que é primeiro o azul na porção esquerda, onde seria o mastro, o branco ao centro e o vermelho na porção direita da bandeira.

Bandeira da frança para colorir

Existem outros países que usam estas mesmas cores, por isso, é imprescindível seguir a ordem da coloração, para que seja de fato uma representação da bandeira francesa:

*Luana Polon é Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).

Referências

MOREIRA, João Carlos; SENE, Eustáquio de. “Geografia geral e do Brasil: espaço geográfico e globalização“. 3 ed. São Paulo: Scipione, 2016.

POLON, Luana. Estudo Prático. “Conheça as principais cidades da França“. Disponível em: https://www.estudopratico.com.br/conheca-as-principais-cidades-da-franca/. Acesso em 26 abr. 2019.

VESENTINI, José William. “Geografia: o mundo em transição“. São Paulo: Ática, 2011.

Veja mais!