Publicado por Prof. Luana Polon

A Muralha da China, também conhecida como Grande Muralha da China, é uma grandiosa construção feita de pedra, tijolo, terra compactada, madeira e outros materiais, e que está localizada ao longo de uma linha Leste-Oeste através das fronteiras históricas do norte da China, no continente asiático.

A Grande Muralha é uma das maiores obras da humanidade, e destaca-se pela sua grandiosidade e projeto arquitetônico. A grande construção é também considerada como uma das sete maravilhas do mundo moderno, ou “Novas Sete Maravilhas do Mundo”.

Essa classificação foi feita por uma organização suíça chamada “New Open World Corporation”, e várias pessoas no mundo todo ajudaram nesta escolha. Essa grande obra é também um dos patrimônios da humanidade, um dos maiores feitos históricos. 

História da Muralha da China

Não há um consenso em relação a construção da Grande Muralha da China, especialmente quanto as finalidades para as quais as obras tiveram início.

Alguns pesquisadores acreditam que a Muralha da China tenha sido construída como forma de proteger a população da China de ataques de outros povos.

Muralha da China

A Muralha da China impressiona pela sua grande extensão (Foto: depositphotos)

Já outros pesquisadores acreditam que a obra tenha sido uma forma de manter as forças militares fora da capital, em áreas mais marginalizadas, bem como ocupar pessoas que estavam criando desordem dentro do território, sendo estas enviadas para trabalhar na construção do grande muro.

A Grande Muralha não possui características homogêneas, já que foi construída durante vários séculos, por povos variados que habitavam as regiões. Essas pessoas usavam diferentes materiais para construir a muralha, bem como traços arquitetônicos diversos.

Com isso, ao longo de todo seu trajeto a muralha apresenta várias configurações. A construção conta com várias portas, sendo as três principais delas a Porta Shanhai, Porta Juyong e ainda a Porta Niángzi.

Das extensões feitas, a maior parte do trecho existente é da dinastia Ming (1368-1644). Cada dinastia empregou suas próprias considerações na construção da grandiosa obra ao longo do tempo em que ela foi feita. Além disso, estão presentes também fortes militares e torres de vigilância. 

Veja também: Qual a capital da China? Descubra!

Quantos quilômetros tem a Muralha da China

A Grande Muralha da China tem uma extensão de 21.196.180 metros, além disso, tem também a altura de 8 metros e mede 4 metros de largura.

A construção tem seu início em Jiayuguan, uma província de Gansu, em seu lado Oeste. Se estende até a foz do rio Yalujiang, na província de Liaoning, em seu lado Leste. A Muralha da China Atravessa o Deserto de Gobi, as províncias de Hebei, Shanxi, Shaanxi e Gansu e ainda duas regiões autônomas, sendo elas a Mongólia e Ningxia. 

A Muralha da China vista do espaço

Acreditava-se que a Muralha da China era a única obra humana que poderia ser vista do espaço pelos astronautas, tamanha sua dimensão. Por muitos anos, acreditou-se nessa história.

No entanto, no ano de 2013, o astronauta Yang Liwei constatou que a Muralha da China não pode ser vista sem auxílio de equipamentos de observação a partir do espaço. Com isso, o governo chinês teve que desmentir a história.

A construção, apesar de tão grande, é estreita demais para que possa ser vista desde o espaço. Além disso, as rochas que formam a estrutura têm sua cor misturada com a dos solos, o que dificulta sua visualização. No entanto, fotografias feitas de cima mostram a expressividade desta construção humana. 

Muralha da China vista de cima

Muralha da China vista do alto (Foto: Reprodução | Something New)

A Grande Muralha da China e a Mongólia Interior são destaque desta imagem fotografada pela Expedição 10, cujo Comandante foi Leroy Chiao na Estação Espacial Internacional. 

Imagem aérea da Muralha da China

Muralha da China vista do espaço (Imagem: Reprodução | NASA)

Imagem da Muralha da China a noite

Muralha da China durante a noite (Foto: Reprodução | Michoacantrespuntocero)

Curiosidades sobre a Muralha da China

  • A Grande Muralha da China é também conhecida como o “O Dragão de Pedra”.
  • Existem contradições em relação ao tamanho da construção, já que ela não segue uma linha reta e contínua. Assim, em algumas literaturas encontra-se que ela tem 5 mil quilômetros, em outras 8,5 mil quilômetros e alguns pesquisadores afirmam que passa dos 20 mil quilômetros de extensão. Não há um consenso pela dificuldade de cálculo total da obra. Estima-se que a Grande Muralha tenha ainda cerca de 40 mil torres em toda a sua extensão.
  • Por ser uma construção bastante antiga, e também bem extensa, a Muralha da China é uma obra de difícil manutenção. Com isso, várias partes desta construção estão deterioradas, especialmente pela erosão.
  • Não se sabe exatamente qual a quantidade, mas imagina-se que cerca de um milhão de pessoas tenham falecido durante a construção da Grande Muralha. Por isso, algumas pessoas a chamam de “maior cemitério do mundo”.
  • A Grande Muralha da China é considerada como Patrimônio Mundial da Unesco desde 1987, sendo ela um dos destinos turísticos mais visitados do continente asiático.
  • Não tem como visualizar a Grande Muralha da China a partir da Lua, como muitas pessoas acreditavam em anos passados. 

Veja também: Continente asiático

Conclusão

A Muralha da China, também conhecida como Grande Muralha, é uma construção histórica de grande extensão, que chama a atenção do mundo pela sua expressividade. Existem ainda muitas dúvidas sobre essa grandiosa construção, especialmente em relação ao seu tamanho, já que ela foi construída por várias populações ao longo do tempo, com materiais diferentes e modelos arquitetônicos diversos.

Além disso, não há um consenso quanto ao motivo pelo qual essa muralha foi construída. Alguns pesquisadores afirmam que ela foi construída para proteger a população chinesa, outros dizem que foi para empregar os desordeiros que habitavam a região.

Por muito tempo, acreditou-se que a Grande Muralha da China era a única obra humana que poderia ser vista do espaço. No entanto, essa história não é real, e já foi desmentida por um astronauta.

A Grande Muralha da China é considerada como um dos grandes monumentos da humanidade, um verdadeiro patrimônio, e também uma das sete maravilhas do mundo moderno. 

*Luana Polon é Mestre em Geografia pela Unioeste, Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU)

Referências

Muralha da China: história, curiosidades, fotos. Disponível em: https://chinavistos.com.br/muralha-da-china/. Acesso em 29 out. 2018.

VESENTINI, José William. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Ática, 2011.

Veja mais!