Por Prof. Luana Polon em 08/02/2015 (atualização: 14/02/2020)

Os manguezais são um ecossistema. Ou seja, um conjunto de elementos vivos e o ambiente no qual estão inseridos, bem como as interrelações entre eles, criando dinâmicas que permitem a autossustentação desta comunidade.

Os manguezais ocorrem nas regiões litorâneas em vários locais do mundo. No Brasil eles ocorrem na região da costa, sendo caracterizados como um ecossistema de transição entre o ambiente marinho e o ambiente terrestre.

Vegetação do manguezal

O mangue é um ecossistema de transição entre os ambientes marinho e terrestre (Foto: depositphotos)

Os manguezais são formados por plantas adaptadas a elevada salinidade do mar, são também resistentes às dinâmicas das marés. Os manguezais são importantes porque além de apresentarem uma vegetação específica, também são berçários naturais para muitas espécies de animais.

O que é manguezal?

Um manguezal é um ecossistema de transição entre os ambientes marinho e terrestre. Está presente em regiões de clima tropical e subtropical. Há várias fisionomias naturais dos manguezais, as quais são influenciadas pelas dinâmicas das marés.

Os manguezais ocorrem em áreas de margens de baías, barras e enseadas, também na desembocadura dos rios, bem como nas lagunas e reentrâncias costeiras.

Ou seja, os mangues se desenvolvem em ambiente nos quais haja o encontro das águas de rios com a do mar, podendo também acontecer em espaços que estejam diretamente expostos à linha da costa, ou seja, no contato com o oceano.

Animais do manguezal

Guará em cima de galho

Uma das aves mais comuns nos manguezais, um guará (Foto: depositphotos)

Os manguezais são comumente conhecidos como berçários naturais. Muitas espécies de animais migram para os mangues na época da reprodução. Estão presentes principalmente peixes, moluscos e crustáceos.

Os mangues são locais onde há acúmulo de nutrientes provenientes dos oceanos, com isso servem de espaço de alimentação para vários animais.

Aves diversas utilizam os manguezais para alimentação e reprodução, mas também para local de descanso durante o período das migrações. Aves comuns nos manguezais são as garças, as gaivotas, os guarás, o colhereiro e o martim-pescador. Mamíferos (macacos e outros) e répteis (jacarés) também são comuns nos manguezais.

Plantas do manguezal

Árvores com raízes-escoras

A árvore raiz-escora possui longas raízes que ajudam na sustentação (Foto: depositphotos)

A flora dos manguezais é formada por pequenos arbustos e plantas adaptadas aos locais alagados e com elevado teor de salinidade. Há ainda gramíneas junto ao solo, samambaias, bromélias e hibiscos.

Uma das espécies mais conhecidas dos mangues é a de árvores com raízes-escoras ou aéreas. Estas longas raízes ajudam na sustentação das plantas, já que os solos dos manguezais são bastante encharcados.

O que devemos fazer para preservar os manguezais?

Os manguezais são ecossistemas ameaçados pela ação predatória humana. Além de serem ambientes de vivência, reprodução e alimentação para muitas espécies de animais, são fontes de recursos para os seres humanos.

É nos manguezais onde ocorre a reprodução de boa parte dos recursos pesqueiros. A dinâmica dos mangues é ameaça pelas ocupações humanas e exploração turística das regiões costeiras.

A retirada da vegetação, poluição, construção sobre os mangues, inundações forçadas para produção pesqueira, colocação de redes para pegar caranguejos e camarão, dentre outras ações humanas predatórias, acabam impactando este importante ambiente natural.

Os manguezais atuam amenizando as consequências do efeito estufa, já que sequestram óxido de carbono da atmosfera. Atuam também como barreiras naturais, reduzindo os impactos da erosão.

Para preservar os manguezais é necessário conhecer mais sobre a importância deste ecossistema, bem como compreender sua dinâmica. Uma intervenção mínima nos manguezais é necessária, de modo que este ecossistema não seja impactado.

Onde fica o maior manguezal do Brasil?

Estima-se que no Brasil haja cerca de 25.000 km² manguezais. Os manguezais ocupam a faixa litorânea brasileira, desde o estado do Amapá até Laguna, em Santa Catarina. Os manguezais estão distribuídos em 120 unidades de conservação.

Dentre os estados brasileiros, a maior extensão de manguezais está presente no estado do Maranhão (36%), seguido do estado do Pará (28%) e do Amapá (16%). A área de manguezais que está situada no norte do Brasil constitui a maior porção contínua do ecossistema manguezal sob proteção legal em todo o mundo.

Resumo do Conteúdo
Nesse texto você aprendeu que:

  • Os manguezais são um ecossistema.
  • Os mangues são berçário para várias espécies de animais.
  • As plantas dos manguezais são adaptadas aos solos encharcados, alta salinidade e dinâmica das marés.
  • As plantas mais conhecidas dos manguezais são as árvores com raízes-escoras.
  • Os mangues estão ameaçados pela ação predatória humana, construções e atividades turísticas.
  • Os manguezais amenizam os danos do efeito estufa e atuam como barreira contra a erosão.
  • O Brasil tem o segundo maior espaço contínuo do mundo sob proteção legal de manguezais.
  • O estado do Maranhão é o que possui a mais extensa área de manguezais do Brasil.

Exercícios resolvidos

1) O que são os manguezais?
R: Os manguezais são um ecossistema existente em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. Ou seja, são um conjunto de seres vivos e seu ambiente, os quais possuem uma dinâmica própria de autossustentação.
2) Onde os manguezais se desenvolvem?
R: Os manguezais se desenvolvem em locais de transição entre ambientes terrestres e aquáticos.
3) Como é a vegetação dos manguezais?
R: A vegetação dos manguezais conta com espécies arbustivas, gramíneas, samambaias e plantas que resistem a elevada umidade. São plantas adaptadas aos altos índices de sal, bem como as dinâmicas das marés, que encharcam os solos. São comuns as árvores com raízes-escoras.
4) Quais são os animais dos manguezais?
R: Há várias espécies de animais marinhos nos manguezais, os quais usam estes espaços para alimentação e reprodução. São comuns caranguejos, peixes diversos, moluscos, aves, mamíferos e répteis.
5) Por que é importante preservar os manguezais?
R: Todos os ecossistemas devem ser preservados, isso porque são ambientes de autossustentação. Logo, quando há um impacto nestes, corre-se o risco de extinção de espécies. Os manguezais são importantes por várias razões: são berçários para espécies animais, atuam amenizando os impactos do efeito estufa, são barreiras contra erosão promovida pelas águas.

*Luana Polon é Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).

Referências

» BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Atlas dos Manguezais do Brasil. Brasília, DF: 2018. Disponível em: http://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/manguezais/atlas_dos_manguezais_do_brasil.pdf. Acesso em: 10 de fevereiro de 2020.

» USP – Universidade de São Paulo. Departamento de Ecologia. O ecossistema Manguezal. Disponível em: http://ecologia.ib.usp.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=70&Itemid=409#localizacao. Acesso em: 10 de fevereiro de 2020.

Veja mais!