Publicado por Priscila Melo

Se nos perguntam hoje qual é a capital do Brasil, prontamente responderemos que é Brasília, mas sabia que nem sempre foi assim? Que o Brasil, em todos os seus anos de existência, teve outros estados como capital? E que a sua primeira capital foi Salvador?

Salvador - A primeira capital do Brasil

Foto: Reprodução

Brasil colônia

O Brasil, ao ser colonizado pelos portugueses, passou a receber várias pessoas e exploradores de modo geral querendo se beneficiar do que encontrariam por aqui. No entanto, não existia uma pessoa que organizasse todo esse pessoal e eles viviam de forma desordenada. Algumas tribos indígenas faziam resistência e piratas eram vistos com uma certa frequência. Para Portugal, o importante era fazer com que a sua colônia no Brasil oferecesse retornos lucrativos, e, portanto, organização era essencial, mas isso só foi de fato trabalhado apenas 50 anos após a colonização das terras brasileiras.

Para tentar manter a ordem de suas colônias, o governo português enviou às terras brasileiras uma comitiva de mais de quinhentas pessoas e entre elas estava a figura de Tomé de Souza que foi nomeado como governador geral do Brasil. Em sua primeira atividade, já nessas terras, decretou Salvador como a primeira capital do Brasil. Ele queria manter a ordem, a mando do Rei de Portugal, e pediu para que algumas construções fossem feitas,  como por exemplo, uma muralha em torno do território da cidade.

A capital

Salvador, por então ser considerada uma capital, virou referência no país e todas as ordens que vinham de Portugal ou questões políticas e jurídicas tinham de passar por uma avaliação entre as autoridades que alí viviam. A cidade não foi escolhida capital por acaso, mas sim por questões estratégicas. O Nordeste era um forte produtor de cana de açúcar, produto bastante apreciado na época pelos portugueses por ser rentável, e através de Salvador, a comunicação entre esses polos produtivos  e os colonizadores fluíam com maior facilidade.

A crise econômica

Por volta do século XVIII, várias questões fizeram com que a cidade de Salvador perdesse o posto de capital do país. Houve quedas nos preços do açúcar e uma forte concorrência com produtos similares. Isso fez com que o produto mais rentável do Brasil entrasse em crise. Ao mesmo tempo, na região central e sul do país, mentais preciosos eram encontrados, e portanto o foco agora se voltava para aquela nova área explorada, pois lá era onde estava gerando mais riqueza. A capital então passou a ser o Rio de Janeiro em 1763. E salvador perdeu a importância econômica que antes existia. Mas ficou marcada no país como uma cidade altamente cultural desde então. A sua arquitetura atual é bem valorizada, mostrando nos dias de hoje, por meio das antigas construções, um pouquinho do que foi o passado desse país.

Veja mais!