Publicado por Prof. Luana Polon

Todas as atividades humanas são amplamente influenciadas pelo clima. Existem vários tipos de climas no mundo, os quais são originados por fatores diversos.

O clima possui uma relação com outros aspectos naturais, como a vegetação, o relevo e os solos. Clima não é a mesma coisa que tempo, embora seja comum que ambos sejam confundidos.

Compreender o clima é importante para entender porque as atividades humanas são diferentes em todo o globo, e porque há uma diversidade de paisagens e culturas tão grande.

O clima está presente no cotidiano das pessoas, mesmo que estas não percebam em suas tarefas diárias.

O que é o clima?

Como clima entende-se um conjunto de variações dos estados do tempo em um determinado local. Ou seja, é feita uma pesquisa a partir da observação do tempo atmosférico durante um período, geralmente pelo menos uns 30 anos, em um local específico (país, estado, cidade).

Com isso, obtém-se uma média da temperatura, dos índices de chuvas, das condições gerais atmosféricas. Apenas depois de anos de observação é que os cientistas conseguem definir o tipo de clima de um local.

São alguns dos principais tipos de climas existentes no mundo: Equatorial, Tropical, Temperado, Subtropical, Mediterrâneo, Frio, Frio de Montanha, Polar, Desértico e Semiárido.

São os principais tipos de climas existentes no Brasil: Equatorial, Tropical, Semiárido, Tropical de Altitude, Tropical Atlântico e Subtropical.

Os climas estão relacionados com o local do globo, divididos em zonas climáticas a partir da Linha do Equador até os polos.

Diferença entre tempo e clima

Embora sejam muitas vezes tratados como sinônimos, os conceitos de tempo e clima possuem diferenças cruciais entre si.

Como tempo é entendido um espaço momentâneo das condições atmosféricas de um dado local. Por exemplo, se está chovendo ou fazendo frio numa cidade brasileira.

O tempo muda com muita frequência, e no mesmo dia podem-se ter vários tipos de tempo (chuvoso, ensolarado, nublado).

Já o clima é mais complexo e demanda anos de estudo, pois ele é um conjunto das condições atmosféricas de um local durante um período. Por exemplo, o clima predominante no Brasil é o Tropical. Para saber isso, foram necessários pelo menos 30 anos de estudos e observação.

O que interfere no clima?

Vários são os fatores que interferem no clima, como a latitude (distância em relação à Linha do Equador), a altitude (distância em relação ao nível do mar), a vegetação que recobre o solo, as formas do relevo (se existem montanhas, se são planícies ou planaltos, depressões), as atividades humanas que são desenvolvidas naquela região.

Hoje se acredita que a ação humana tem interferido no clima mundial, ocasionando o aquecimento global. Isso é possível perceber através do derretimento das geleiras nos polos, aumento do nível dos oceanos e nas constatações feitas pelos pesquisadores da área.

Ainda assim, há pesquisadores que acreditam que isso seja fruto das próprias dinâmicas da natureza, e que os seres humanos não conseguiriam, através de suas atividades, alterar o clima. É uma questão que gera muitos debates!

Importância do clima

As pessoas percebem com maior frequência as mudanças do clima quando mudam as estações do ano (verão, outono, inverno, primavera).

É neste momento que elas sentem com maior intensidade as alterações de temperatura, dos índices de chuvas, as mudanças no período de Sol disponível durante os dias.

O clima está relacionado com as várias atividades humanas, e isso pode ser visto na produção agrícola. Cada região do mundo tem especificidades produtivas dependo do tipo de clima.

O cultivo da uva, por exemplo, é potencializado com o clima certo. Frutas de clima tropical não se adaptam bem quando produzidas em locais de clima temperado.

Apesar disso, com os avanços na mecanização e nas tecnologias produtivas, está se tornando possível produzir bem mesmo em climas mais rigorosos.

Mas, no ambiente natural, sem intervenção humana, o desenvolvimento da natureza (plantas, animais) depende do tipo de clima de cada local.

Zonas Climáticas

As zonas climáticas são regiões do globo definidas a partir dos paralelos, que são as linhas imaginárias que circulam o globo terrestre em sentido horizontal.

Estas linhas seguem da Linha do Equador, que é o paralelo central, até a região dos polos terrestres. As três grandes zonas climáticas da Terra são: Zona Climática Tropical, Zona Climática Temperada (do Sul e do Norte) e Zona Climática Polar (do Sul e do Norte).

(Imagem | Reprodução/IBEP)

Estas zonas climáticas possuem características condizentes com a quantidade de luz solar que recebem diariamente.

Por conta do formato esférico do planeta Terra, a porção mais próxima da Linha do Equador é a que recebe mais quantidade de radiação solar todos os dias.

Esse índice de radiação vai reduzindo até chegar aos polos, que são as áreas que menos recebem luz solar. Com isso, os polos são muito gelados, e a região equatorial é a mais quente do globo.

Curiosidades

O clima tem uma grande influência na cultura de todo mundo. Um dos exemplos mais clássicos é em relação às roupas que as pessoas usam.

Nas regiões mais frias, as pessoas costumam usar roupas mais quentes e pesadas, como casacos, gorros, luvas, cachecol e outros acessórios que ajudam a evitar o resfriamento do corpo.

Diferente da população de climas mais quentes, onde a temperatura é mais elevada. Por isso, eles costumam vestir roupas que sejam confortáveis e bem mais leves, para que assim não passem muito calor e para que se adaptem ao clima da região.

Pode se destacar também o lazer de cada região. Devido à temperatura cada região do mundo tem um jeito diferente de se divertir.

Nas regiões onde a temperatura é mais elevada, as pessoas costumam se reunir para ir em piscinas, praças, rios, etc. Já nas regiões onde a temperatura é mais baixa as pessoas costumam se divertir com a neve.

As populações mundiais criam condições para que possam viver com qualidade nos vários lugares do mundo, adaptando sua alimentação, seus hábitos, suas vestimentas, para lidar com as condições climáticas.

Assim, o clima tem uma relação bastante íntima com o modo de vida das sociedades humanas pelo globo.

*Luana Polon é Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).

Referências

MOREIRA, Igor. “Mundo da Geografia“. Curitiba: Positivo, 2012.

POLON, Luana. Estudo Prático. “Fatores que alteram o clima“. Disponível em: https://www.estudopratico.com.br/fatores-que-alteram-o-clima/. Acesso em 21 mar. 2019.

POLON, Luana. Estudo Prático. “Zonas Climáticas da Terra“. Disponível em: https://www.estudopratico.com.br/zonas-termicas-da-terra-polares-temperadas-e-tropical/. Acesso em 21 mar. 2019.

Veja mais!